5 exposições para visitar em abril no CDMX

Pouco a pouco nosso país está retomando as atividades presenciais. Após a reabertura de restaurantes, cinemas, espaços de entretenimento, eventos desportivos, concertos e outras opções de entretenimento, surgem também várias exposições o que esperar este mês abril . Então deixamos-lhe as informações sobre 5 exposições que você pode participar CDMX.

Leia também: Quando são as férias da Páscoa e a ponte de abril de 2022?

1. Bienal Latino-Americana de Inteligência Artificial 2022

Se você é um amante da arte e tecnologia, a Bienal Latino-Americana de Inteligência Artificial 2022 é a combinação perfeita para você.

Este evento Apresentará uma seleção das obras contemporâneas mais interessantes no cenário da inteligência artificial na arte latino-americana.

Para entender o contexto do que a inteligência artificial significa hoje, o exposição Contará com especialistas da área, que darão oficinas teóricas e práticas que permitirão ao espectador utilizar essas ferramentas. Tudo isso através de uma extraordinária experiência audiovisual, que busca transportá-lo para os ambientes das obras.

O evento acontecerá de 5 a 10 abril das 12h00 às 20h00 no Antigo Moinho de San Jerónimo (San Jerónimo 33, Cuauhtémoc, CDMX). a entrada de exposição assim como as conferências serão gratuitas, enquanto as oficinas têm custo.

Mais informações em: https://www.bilia.tech/

2. Frida, a experiência imersiva

Foto: Berenice Fregoso. O UNIVERSAL

artista mexicano Frida Kahlo era uma mulher forte e imparável que fez da própria vida uma obra de arte. Para saber mais sobre esse personagem emblemático, o exposição Frida, a experiência imersiva levará você pela mão para mergulhar em seu universo.

Leste exposição é considerada a primeira experiência imersiva feita e produzida em México, onde você verá as pinturas do artista ganharem vida e ouvirá trechos de seus diários e cartas. Além disso, você poderá explorar diferentes áreas, cada uma inspirada em um aspecto diferente de seu espírito: desde a Frida íntima e criativa, até a Frida sociável e brincalhona.

Este evento vai começar a partir de 5 abril no Forum Polanco (Av. Molière 328 Seção Polanco II, Miguel Hidalgo 11550, CDMX). As apresentações duram aproximadamente 45 minutos e os ingressos podem ser adquiridos na Ticketmaster por 440 pesos.

3. Tesouros chineses. Porcelanas e artes decorativas

Com esta exposição, o Museu Franz Mayer dá a conhecer a importância artística, económica e social das artes decorativas chinesas ao longo dos últimos séculos. É composto por 160 peças, das quais 80 pertencem ao museu e 80 são provenientes de coleções particulares.

Você verá lacas, porcelanas, bronzes e móveis. Você descobrirá, por exemplo, a representação do leão na arte chinesa como o protetor da lei e da ordem sagrada.

Haverá também workshops (com custo adicional) dedicados a atividades como a criação de leques.

A exposição está disponível a partir de 17 de março. O museu está aberto de terça a sexta das 10h às 17h e das 11h às 18h aos sábados e domingos. A entrada geral custa 75 pesos.

Av. Hidalgo 45, Centro Histórico

4. Vasos comunicantes em arte e literatura

museum_estanquillo.jpgFoto: ARQUIVOS EL UNIVERSAL

Uma proposta diferente é a que abriga o Museu Estanquillo. Esta exposição é uma exploração das afinidades entre dois personagens transcendentes no desenvolvimento da cultura em México do século XX: Juan García Ponce e Carlos Monsivais. Através de quatro seções, é apresentada sua prática como escritores e jornalistas, bem como colecionadores de arte.

Leste exposição estará no Museu Estanquillo (Isabel la Católica 26 Centro, CDMX), até 24 de abril. Das 10h às 17h40, de quarta a segunda. Entrada livre.

5. Espiral de Sonhos Compartilhados

Se você é uma daquelas pessoas que adora arte conceitual, a Espiral dos Sonhos Compartilhados pode ser a exposição que você está procurando.

A obra, da artista colombiana Carolina Caycedo, apresenta um total de 13 redes de pesca, suspensas em espiral cujo significado está ligado à forma de colaborar e compartilhar sonhos porque, segundo ela, eles nos identificam e nos une a pessoas que fazem não vivem nos mesmos territórios, aludindo a pessoas que integram cooperativas e grupos de pesca artesanal e exercem sua atividade em um ambiente saudável.

Você pode visitar esta obra até 30 de abril no Museo Universitario del Chopo (Enrique González Martínez 10, Santa María la Ribera, CDMX). O horário é das 10h00 às 19h00 de terça a domingo, com um custo geral de 40 pesos.

EXTRA: A Festa Colorícuaro

E, para lhe oferecer uma opção ligeiramente diferente e dedicada aos mais pequenos da casa, aproveitando a proximidade do Dia da Criança, recomendamos esta peça que apresenta alebrijes iluminados como personagens principais, através de marionetas em formato de caixa preta.

A história contará a aventura de Coco, uma alebrije incolor que se esconde na floresta por causa da rejeição.

A peça será apresentada no dia 30 de abril no teatro municipal Esperanza Iris (Donceles 36, Centro Histórico, CDMX). A entrada é geral e custa 220 pesos e os ingressos podem ser adquiridos através da Ticketmaster.

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *