5 planos dentro do Alentejo para viver a sua verdadeira essência

A maior região de Portugal guarda muitos lugares e histórias no seu interior para descobrir o caráter mais puro do Alentejo.

o Alentejo Tem muitas faces e todas têm características comuns: natureza, tradição, tranquilidade, luz e sustentabilidade. A estes devemos acrescentar autenticidade como as linhas que desenham um rosto.

Por isso, estes atributos, para além do fácil acesso por via terrestre ou aérea a partir de Espanha, fazem da maior região de Portugal o destino ideal para tirar uns dias de folga e descobrir com calma algumas das suas muitas maravilhas.

Embora durante o verão os viajantes prefiram o litoral, o interior do Alentejo guarda muitas histórias e lugares para descobrir de formas muito diferentes.

Aqui estão cinco planos de fuga muito diversos para descobrir a essência.

Explore sua história e tradição a pé

O Alentejo é uma região perfeita para explorar a pé graças às suas muitas estradas e caminhos. Embora os mais conhecidos sejam o TransAlentejo ou a Ruta Vicentina, existem muitos outros espalhados pelo território, incluindo um Caminho de Santiago alternativo.

Os Caminhos de Santiago do Alentejo e Ribatejo ligam o sul de Portugal à região Centro, oferecendo ao longo do caminho três caminhos cheios de história, cultura e paisagens únicas.

Para quem procura algo mais curto, mas igualmente fascinante, a Rota do Contrabando, em Galegos, muito perto de Marvão e da fronteira com Espanha, é ideal para absorver a sua interessante história e envolvente.

Nada como terminar o passeio no Museu do Petróleo provando alguns dos seus produtos.

Saboreie sua identidade do chão à mesa

Já se sabe que os lugares também devem ser conhecidos pelos seus sabores e, neste caso, o Alentejo tem muito a dizer. O viajante encontrará verdadeiras delícias por onde passar, mas os roteiros gastronômicos e vitivinícolas “Da terra à mesa” são perfeitos para quem deseja mergulhar ainda mais na cultura desta maravilhosa região.

Cinco grandes percursos, subdivididos em 17 percursos mais pequenos, permitem-lhe fazer uma saborosa viagem pelos produtos do Alentejo, descobrindo o engenho e a arte que tornam possível as iguarias e os vinhos do território.

Participar na colheita da azeitona, provar azeites, colher por algumas horas, conhecer o ciclo do arroz, visitar barracas de pesca ou passear nas montanhas onde os animais são criados em liberdade são apenas algumas das atividades oferecidas por estes roteiros, além de, claro, provando os melhores produtos frescos locais.

A magia de Alter Real

Agora vamos falar sobre momentos mágicos. Uma delas ocorre na Coudelaria – coudelaria em espanhol – Alter Real, fundada em 1748 para a conservação do património genético animal da raça Lusitana, que também está preparada para integrar a Escola Portuguesa de Arte Equestre.

Aqui, todas as tardes, há a ‘égua’, onde os cavalos -às vezes tão pequenos que é a primeira vez- saem em massa do estábulo para o prado para pastar.

Este complexo conta ainda com centro hípico, hotel, restaurante, museu, centro de falcoaria, entre outras atrações, para completar a visita.

Refresque-se nas praias fluviais

Com temperaturas mais amenas do que no verão, mas ainda quentes, não há necessidade de dizer adeus às atividades aquáticas.

No interior do Alentejo abundam as praias fluviais, como Mourão, Monsaraz, ambas no Lago Alqueva, o maior lago artificial da Europa; as recém-inauguradas Azenhas d’el-Rei, na sua albufeira; a da Tapada Grande, em Mértola; ou Santa Clara, perto de Odemira, estão entre eles. Além de aproveitar o calor do sol, eles oferecem muitas atividades aquáticas para que todos possam desfrutar.

Apaixone-se pelos produtos artesanais locais

Fiel à sua tradição, o artesanato local é uma verdadeira maravilha, especialmente para quem viaja de carro, que poderá partir com preciosos artesanatos de todo o tipo.

Das tapeçarias de Portalegre, tapetes de Arraiolos, mantas de Mértola ou capuzes de Évora, passando pelos vinhos de talha (feitos em ânforas de barro) ou azeites artesanais, o Alentejo é daqueles lugares onde se deixe levar pelo bom arte e o melhor know-how dos seus habitantes, que souberam perpetuar a tradição da região e criar peças únicas com muito estilo.

Expressar. Escrita. J.R.

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.