A AR&PA chega em 2023 a Angra do Heroísmo, nos Açores (Portugal), com o lema “Tecnologia e Património”

O vice-ministro da Ação Cultural da Junta de Castilla y León, Mar Sancho, anunciou na AR&PA 2022 que a próxima edição da Bienal Ibérica do Património Cultural terá lugar de 12 a 15 de outubro de 2023 em Angra do Heroísmo, capital do na ilha Terceira, no arquipélago dos Açores (Portugal). A feira, que terá como lema “Tecnologia e Património”, coincidirá com a celebração do quadragésimo aniversário da declaração do centro histórico da cidade portuguesa como Património Mundial pela UNESCO, e com os “dez anos de trabalho colaborativo” uma vez que o concurso alargou as suas fronteiras para adquirir a dimensão ibérica, com a celebração da edição de 2013 no Museu de Arte Popular de Lisboa.

“A colaboração do Concelho com Portugal tem sido muito intensa nos últimos anos, na AR&PA e noutras áreas onde trabalhamos juntos em torno do património, como o sítio de Foz Côa/Siega Verde (o único sítio transnacional declarado património mundial), o Plan (no qual participa a Fundação Iberdrola), a plataforma europeia EVOCH desde 2012 e o projeto Duero Douro para a cooperação transfronteiriça de empresas e instituições de ambos os lados da linha”, disse.

Filomena Varela

"Desbravador do bacon. Geek da cultura pop. Ninja do álcool em geral. Defensor certificado da web."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *