A frota Arousan brilha em Zamora

UMA total de onze medalhas e vários remadores apurados para o Mundial de Ponte da Limaque será disputado na cidade portuguesa entre os 29 de setembro e 2 de outubroeste é o resultado obtido pela frota Arousan ao deslocar-se a Zamora para participar no Campeonato Espanhol de Maratonamostrando que a canoagem está indo bem na região.

O clube que acumulou mais medalhas é Como Torres Romaría Vikinga de Catoirano embarque em que o menor Kevin Longo, que ganhou duas medalhas de prata emDurante o fim-de-semana, juntam-se ao bronze obtido sexta-feira no Tribunal da Maratona. O remador de Catoire terminou no segundo lugar no C-1 juvenil, repetindo a posição no C-2 na companhia de Samuel Ares que lhe permitiu se qualificar para o Copa do Mundo Ponte da Lima nas duas categorias. O dinheiro também levaria os cadetes Raúl Fernández e Jairo Zurita em C-2enquanto Iker Rei ele subiu com bronze no C-1. Na categoria femininaÂngela Baulde e Marta Guimarey eles são montados na segunda gaveta do pódio no K-2. Iván Alonso e José Barreiro cruzaram a meta na quarta posição, a apenas dez segundos do terceiro lugar.

Uma das provas mais atrativas da Maratona é a C-2, onde um duelo entre os os breoganistas Diego Romero e Tono Campos com os catoirenses Fernando Busto e Diego Miguéns. O primeiro, como no europeu, ganhou o ouro, enquanto o segundo teve que se contentar com a prata. O duelo vai repetir-se em Ponte da Lima, onde os dois barcos vão disputar o Mundial.

Ao ouro do casal Romero-Campos, Breogán somou o ouro da Enrique Navas “Tito”na categoria PK-2, assim como o bronze do cadete Lara Remígio em C-1. Marta Mourelos Ele permaneceu fora do pódio, depois de terminar em quinto lugar na classificação. Além disso, Breogán volta de Zamora com a satisfação de ver como Tânia Álvarezcom Tudense Tânia Fernandezqualificado para o Mundial de Ponte da Lima no K-2 Sénior Feminino. Ambos poderão defender o sub-campeonato mundial obtido no ano passado e em 2019.

Através da seletiva também classificada natural de Pontecesur Nerea Novo no C-1, sucesso ao qual o Náutico de Pontecesures soma o ouro obtido a mais jovem Candela Romero no C-1 feminino e o bronze obtido pelo casal que forma Ángel Amarelle e Manuel Roque Araújo no C-2 Cadet.

Por sua vez, o Grovense de Verduced carme devesa chegou perto do pódio terminando em sexto no K-1 feminino júnior.

A caminho do Mundial de Pista Sub-23

A frota Arousan enfrenta no próximo fim-de-semana mais uma das suas importantes provas do calendário, o Campeonato do Mundo Sub-23, que se realiza de amanhã até domingo e contará com a presença de sete remadores de Arousa ou pertencentes a clubes da zona. Um dos grandes aspirantes a medalhas é Manuel Fontán, do Náutico O Muiño de Ribadumia, que competirá no C-1500 e C-4500, categoria em que foi proclamado campeão mundial no Canadá. Nesta última modalidade, o homem de Vilanova vai competir ao lado de Martín Jácome (Ciudad de Pontevedra), David Barreiro (Breogán de O Grove) e Cayetano García (Náutico de Sevilla). Os irmãos Noel u e Diego Domínguez, de Breogán de O Grove, também dobrarão o barco, pois participarão do C-2 500 e do C-2 1.000. Diego também competirá no C-2 misto junto com o remador da cidade de Pontevedra Antía Jácome, recente campeão mundial no Canadá. Pedro Torrado, de As Torres de Catoira, vai participar no C-1 5000 Youth, mas também fará parte do C-4 500 Youth, onde será acompanhado por outro Arousano, o remador do Náutico O Muiño de Ribadumia Carlos Gutier Picon. O barco é completado pelos remadores de Canoagem Aranjuez Daniel Ros e Asier Cortijo. A última Arousana a participar é a jovem Poio Canoagem Valéria Oliveira, que competirá em C-1 200 e C-1 500.

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.