A multinacional vidreira Lumon inaugura nesta sexta-feira, 20 de janeiro, sua fábrica em Antequera

A multinacional Lumon, especializada em sistemas de envidraçamento para terraços e varandas, anunciou que nesta sexta-feira, 20 de janeiro vai inaugurar oficialmente a sua nova fábrica em Antequera, a mais moderna do mundo em seu setor. A planta, que tem mais de 25.000 metros quadrados de fábrica e equipada com as mais recentes tecnologias de produção, abastecerá todo o sul da Europa, Antequera tornar-se-á assim um importante ponto geográfico de exportação.

Centro começou a operar no final do verão passado com seus primeiros 50 funcionários ainda que a previsão é que sejam gerados cerca de 300 empregos. Fontes da empresa comentaram a este jornal que os processos de seleção de quadros estão abertos e que o centro, que até agora se encontrava numa fase inicial, passará em breve para uma nova fase em que serão feitas mais incorporações.

Lumon acrescentou que a inauguração da fábrica contará com a presença do Presidente da Junta de Andaluzia, Juan Manuel Moreno, acompanhado por inúmeras personalidades e representantes do mundo empresarial. vai participar do evento Tapani Kinnunen, fundador da Lumonacompanhado pelo CEO do grupo, Jussi Kinnunene vice-presidente executivo, Javier Martínezque falará sobre o futuro da Lumon na Espanha e grandes projetos, bem como a situação atual da empresa na Espanha e novos desafios e objetivos.

A planta tem um capacidade de fabricação de 6.000 folhas de vidro por semana, e possui uma área de logística, uma fábrica de processamento de vidro e uma fábrica de perfis de alumínio e embalagens. A ideia é que a fábrica de Málaga atenda toda a região do Sudoeste Europeu, com mercados como França, Portugal, Itália, Alemanha e a própria Espanha.

Lumon já explicou que a instalação da usina de Antequera também significará uma redução da pegada de carbonojá que, estando em território nacional, o transporte dos cristais será mais curto.

Algumas instalações da Lumon. ELE


A empresa está presente na Espanha há quase 30 anos. Sua O sistema “cortina de vidro” foi patenteado na Finlândia pelo grupo Lumon há mais de 40 anos. O envidraçamento oferece benefícios como proteção contra vento, chuva, ruído, sujeira. Também permite economias consideráveis ​​de energia.

A atividade da Lumon em Espanha cresceu significativamente nos últimos oito anos, passando de 50 trabalhadores e um volume de negócios de 9 milhões de euros em 2015 para mais de 400 pessoas e 57 milhões no ano passado. Málaga também é chave nos negócios da multinacional na Espanha.

Uma relação com Málaga que remonta a 30 anos

A ligação de Lumon com a província é muito curiosa e remonta ao início dos anos 90, quando O malaguenho Salvador Bermúdez, casado com uma sueca finlandesa, passou um verão nesta região e conheceu o produto, e gostou tanto que falou com a Lumon para implementá-lo na Espanha, o que permitiu que a sede viesse para Málaga. Bermúdez também foi diretor da Lumon na Espanha até alguns anos atrás, quando se aposentou.

O director-geral da Lumon em Espanha, Javier Martínez Uría, explicou a este jornal na altura, aquando do anúncio do projecto, que tinha lutado para que a fábrica se instalasse na província, desde houve outras cidades espanholas e estrangeiras que foram geridas como lugares e que à partida puderam ter um melhor encaixe logístico. No final, pesou mais a ligação do grupo com Málaga e a convicção de que Antequera, com o projeto de Puerto Seco (o megahub logístico previsto nesta cidade), oferece uma projeção imbatível para o futuro.

Filomena Varela

"Desbravador do bacon. Geek da cultura pop. Ninja do álcool em geral. Defensor certificado da web."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *