Agustín Tapia joga a final em Portugal

domingo, 11 de setembro de 2022

01:46

Agustín Tapia, de Catamarca, e Carlos Daniel Gutiérrez, de San Luis, qualificaram-se ontem para jogar a final do Cascais Open 2022, que é disputado em Portugal e corresponde a um novo evento do World Padel Tour.

Para a dupla argentina, número 3 do mundo, esta será sua sexta final até agora nesta temporada do WPT.

Ontem, em uma das semifinais do torneio, conquistou sua 11ª vitória consecutiva (no WPT) ao bater a dupla do argentino Fernando Belasteguín e do brasileiro Arturo Coello por 6-3, 6-7 (3-7) e 7 -5.

Era a última semifinal do dia de ontem e ambas as duplas buscavam o último passaporte para a grande final de domingo.

O primeiro set começou como planejado: igualdade máxima entre as duas duplas nos primeiros seis jogos (3-3).
No entanto, a partir de então, a dupla número 3 do torneio português conseguiria três jogos consecutivos com uma pausa no oitavo jogo.

Assim, solventes e eficientes, “Sanyo” Gutiérrez e “Pollito” Tapia marcaram o primeiro set com um 6-3.

O segundo mangá parecia ter os mesmos protagonistas: Gutiérrez e Tapia. Com uma pausa precoce no jogo três, eles saíram para a luz e colocaram os pés na poeira com o objetivo claro de terminar a partida em dois sets.
Mas à frente de Arturo Coello e Fernando Belasteguín.

Incansável, eles se recuperaram e recuperaram o intervalo perdido para empatar o jogo em 4 jogos. O set intenso acabaria sendo disputado no tie-break.

Essa morte repentina ia fazer sorrir Bela e Coello, que mais uma vez não abriu mão de uma partida perdida para a alegria do público local.

Foi assim que uma terceira rodada de idas e vindas foi concluída.
Após duas paragens de cada lado do campo, o 5-5 venceu em Cascais.

Nessa altura, Sanyo e Agustín lançaram a sua melhor equipa para conseguirem o intervalo final que lhes deu a vitória num duelo emocionante por 6-3, 6-7 e 7-5, e hoje vão lutar para serem coroados em Portugal.

A final será contra a dupla número um do mundo, composta pelos espanhóis Juan Lebrón e Alejandro Galán. não

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *