Andebolistas cubanos brilharam no clássico português

Todos jogadores de handebol Os cubanos que viram a ação no jogo FC Porto-Benfica, do campeonato português, saíram com golos no balneário. O FC Porto fez jus ao seu estatuto de tricampeão nacional e à reputação praticamente intocada da Arena do Dragão. No clássico deste sábado frente ao Benfica, até então invicto, os Azul e Brancos impuseram a primeira derrota ao eterno rival.

Com 33-29, ambas as equipas têm um registo de sete vitórias e uma derrota que os mantém na perseguição direta do sempre imbatível Sporting. Com Jack Thurin e Diogo Branquinho como protagonistas no ataque e o cubano Victor Iturriza também em boa forma na defesa, o time de Magnus Andersson mostrou vontade de vencer um clássico que estava destinado a vencer.

Precisamente, os três cubanos do Porto estavam em campo. Pedro Valdés e Daymaro Salina furaram a rede uma vez e Iturriza fez isso três vezes. Do outro lado do relvado, Alexis Borges causou estragos nos seus compatriotas, depois de marcar seis golos pela causa do Benfica.

Com esta vitória, o FC Porto apimentou o Andebol 1 e assumiu provisoriamente a liderança, na liderança que partilha com o próprio Benfica, embora melhor no saldo de golos, na ausência de um jogo de destaque. invicto. com sete vitórias.

Mantenha-se atualizado com o Telegram e curta nossas histórias no YouTube

Você quer estar sempre atualizado com as notícias do esporte cubano? Junte-se ao nosso canal Telegram: leve o Play Off no seu bolso! Clique para nos seguir: Revista Play-Off do Canal Telegram.

Histórias esportivas cubanas contadas com um olhar profundo sobre a vida pessoal dos protagonistas e da sociedade. Para aproveitar nossas exclusividades, assine: Reproduza o canal do YouTube Off-Magazine.

Marciano Brandão

"Defensor apaixonado da internet. Amante de música premiado. Totó de café. Estudioso de mídia social ao longo da vida."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *