Antes de Antony Blinken, Cafiero reivindicou a soberania argentina nas Ilhas Malvinas

Nesse tom, o Chanceler pediu “preservando esta região de tensões políticas extra-regionais”. E acrescentou: “Destacamos, em particular, a resolução 41/11 da Assembleia Geral das Nações Unidas, que ‘solenemente’ declarou o Oceano Atlântico entre a África e a América do Sul como Zona de paz e cooperação“.

Cafiero: “A presença militar do Reino Unido é injustificada”

Cafiero enfatizou que “a presença militar do Reino Unido no Atlântico Sul é injustificada, desproporcional e viola a Resolução 2065, que insta os Estados de todas as regiões do mundo, mas especialmente os mais poderosos militarmente, a respeitar esta declaração”.

question_malvinas_3.jpg

Mais enfaticamente, o ministro disse: “A Argentina reafirma incansavelmente sua direitos legítimos nesses territórios. As Nações Unidas, já na mencionada resolução, definiram a questão das Ilhas Malvinas como um caso especial e particular de descolonização e, juntamente com a ONU, a OEA e outros fóruns internacionais e regionais, apelam sistematicamente para a retomada das relações bilaterais negociações como meio de pôr fim a esta disputa”.

O encontro entre autoridades de diferentes países aconteceu no Lotte New York Palace Hotel. O objetivo era iniciar consultas para a criação de um associação internacional para a bacia atlântica. Estiveram presentes representantes de Portugal, Brasil, Gana, Angola, Canadá, Colômbia, Costa Rica, Guiné-Bissau, Espanha, Reino Unido, Costa do Marfim, Mauritânia, Holanda, Irlanda e Guiné Equatorial.

Por sua vez, Alberto Fernández fará um discurso nesta terça-feira na Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), a primeira vez que o fará pessoalmente. Nesse sentido, espera-se que o Chefe de Estado também fale sobre a questão das Malvinas diante dos demais líderes.

Alex Gouveia

"Estudioso devoto da internet. Geek profissional de álcool. Entusiasta de cerveja. Guru da cultura pop. Especialista em TV. Viciado em mídia social irritantemente humilde."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.