Copa do Mundo Qatar 2022 ao vivo: Último minuto da Copa do Mundo, notícias e resultados, ao vivo hoje

Embolo entra para a história de forma agridoce

O primeiro gol do dia deixou uma das histórias mais curiosas até agora na Copa do Mundo. Breel Embolo enfrentaria a Suíça, sua nação adotiva, e Camarões, sua nação natal. Seu papel é mais do que complicado, tendo que jogar como atacante e ser quem “prejudica” diretamente um de seus países.

Foi exatamente isso que aconteceu no início do segundo tempo. O atacante monegasco cruza da direita e faz o primeiro gol da Suíça nesta Copa do Mundo contra o “seu” Camarões. Nascido em Yaoundé, capital do país africano, ele decidiu ficar onde estava depois de marcar e levantar a mão em um pedido de desculpas ao seu país natal. Talvez um dos gols mais tristes de sua carreira. É também seu primeiro gol na Copa do Mundo depois de não conseguir marcar na Rússia depois de jogar o jogo completo contra a Costa Rica e 10 e 17 minutos contra o Brasil, Sérvia e Suécia entre a fase de grupos e as oitavas de final.

Segundo Mr.Chip, esta é a primeira vez na história de uma Copa do Mundo que isso acontece. Breel Embolo escreveu um capítulo histórico muito agridoce.

Não há mais “derbies de jogadores”

Este jogo entre Camarões e Suíça decidido por Embolo, suíços e camaroneses, é o primeiro de vários neste Mundial que vai defrontar um jogador entre o país que representa no relvado e aquele em que nasceu. Beljovic, natural de Basel, poderá enfrentar “a sua equipa” no jogo entre a Sérvia e a selecção suíça. Acontecerá também com Funes Mori, nascido na Argentina e que jogará as oitavas de final com o México. Este mesmo caso continuará a ocorrer à medida que o torneio avança. Por exemplo, isso poderia acontecer em um possível Marrocos-Espanha no caso de Achraf Hakimi ou com Laporte se La Roja jogasse contra a França. Mesmo caso para Iñaki Williams se Gana finalmente jogasse contra a Espanha.

Deco, um caso especial

Apesar de ter sido em um amistoso e não no Mundial, Deco também marcou com Portugal contra o Brasil e também, no dia em que foi oficializada sua passagem da Canarinha para a Seleção Ibérica. O ex-meio-campista do Barcelona pegou a bola para disparar uma cobrança de falta direta que marcou com um chute rasteiro e serviu como sua nova vitória da equipe sobre seu país natal.

Marciano Brandão

"Defensor apaixonado da internet. Amante de música premiado. Totó de café. Estudioso de mídia social ao longo da vida."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *