Cuidado, Boca: decisão de Aaron Molinas após oferta do futebol português

Entre clubes tudo deu certo, Abafado concordou em ceder Aaron Molinas a Gil Vicente do primeiro-ministro de Portugal e a operação parecia estar no bom caminho. No entanto, no dia em que o livro de transferências foi fechado na Europa, o talentoso meio-campista de 22 anos, que tem a palavra final, acabou optando por rejeitar essa opção e ficou para lutar no Xeneize.

Apesar de a equipa para a qual deveria ir, segunda ou terceira ordem em Portugal, não ser a mais competitiva do mundo, lá ia poder ter os minutos que tinha em Abafado não pode adicionar. Nunca foi titular, pois Hugo Ibarra é o DT e só entrou como suplente em cinco dos 11 jogos do ciclo. A última vez que um jogo começou foi quando o Xeneize, com uma equipe ultra-alternativa, conseguiu uma desagradável vitória por 3 a 0 sobre o Banfield na Bombonera. Battaglia foi o técnico e Moinhos Foi o único aprovado desta noite escura.

Tópicos

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.