Descubra a região mais alternativa de Portugal na água

A região portuguesa do Alentejo, que se destaca pelo seu ambiente natural idílico, tem seis estações náuticas espalhadas pelo litoral e interior.

São Avis, Alandroal, Monsaraz, Moura, Sines e Odemira.

Alentejoa maior região do país português e a Meca do viagem lentatem muito a oferecer ao viajante: um ambiente natural que se destaca pela sua riqueza e diversidade, a sua gastronomia, as suas tradições e costumes, ou ainda a sua cultura e património são alguns dos seus inegáveis ​​atractivos.

Mas para quem pretende uma experiência diversificada, o Turismo de Alentejo introduziu recentemente a Rede de Estações náuticas del Alentejo, que inclui seis enclaves espalhados pelo litoral e interior: Avis, Alandroal, Monsaraz, Moura, Sines e Odemira.

Para tornar a viagem uma experiência extraordinária, a Rede de Estações Náuticas do Alentejo reúne um conjunto de parceiros que prestam serviços que vão além das atividades náuticas, como alojamento, restauração, animação, atividades culturais e turismo.

O setor náutico não inclui apenas o mar

Quem disse que você precisa do mar para curtir umas férias refrescantes? Exemplo disso é a Estação Náutica de Moura-Alqueva, que, graças ao trabalho da sua associação de entidades públicas e privadas, oferece ao viajante diversas atividades de lazer e desporto na famosa Lagoa do Alqueva.

Assim, para além dos passeios de barco no lago, os viajantes têm a opção de desfrutar de outras atrações da zona, como ver as estrelas no Observatório Dark Sky do Alqueva, imperdível em noites claras.

Ainda no perímetro do Alqueva, a Estação Náutica do Alandroal integra três zonas de lazer e recreação (Juromenha, Águas Frias – Rosário- e Azenhas D’El Rei – Montejuntos). Aqui, para além da recém-inaugurada praia fluvial das Azenhas d’el-Rei, acontecem várias exposições e festivais gastronómicos locais para lamber os dedos.

Mais aventureiras são as atividades da Estação Náutica de Avis, onde pode praticar canoagem-rafting, canyoning suave, canoagem, mas também passeios de barco ou safaris fluviais.

O de Monsaraz, que se distingue pela qualidade dos seus serviços e pela sua diversidade, organiza-se em torno das atividades náuticas dos Reguengos de Monsaraz. Aqui, por exemplo, decorre o Campeonato Europeu de Fórmula Windsurf, bem como as festas de San Antonio ou o festival do Cante Alentejano, um passo importante na visita à região.

Estações náuticas em uma das costas mais bem preservadas da Europa

Com cerca de 200 quilómetros de costa, o Alentejo é um dos mais bem preservados e protegidos da Europa. E a beleza desse ambiente natural não tem nome. Existem duas estações náuticas: Sines e Odemira.

Sines, referência do surf no Alentejo, tem muito mais para oferecer do que ondas perfeitas. O mergulho, por exemplo, é um dos pontos essenciais na visita à região, assim como as regatas ou a sua deliciosa gastronomia (incluindo um vinho produzido no fundo do mar), que também se destaca em diferentes festivais e degustações.

Mais a sul, a estação náutica de Odemira compreende três pólos ao longo do rio Mira: os pólos náuticos de Vila Nova de Milfontes, Odemira e Albufeira de Santa Clara. Este destino é perfeito para surf, canoagem, passeios de barco, pesca esportiva.

Expressar. Escrita. J.R.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.