‘É claro que nos afeta’: Varane quebra o silêncio sobre a explosiva entrevista de Cristiano Ronaldo no United

Varane falou sobre declarações de Ronaldo (Reuters)

A entrevista explosiva que ele deu Cristiano Ronaldo no programa falar tv eles continuam falando. Nesta ocasião foi Rafael Varane (um de seus companheiros mais próximos) aquele que quebrou o silêncio para comentar Como suas declarações influenciaram dentro do Manchester United.

O internacional da seleção da França, que disputará a Copa do Mundo no Catar 2022, reconheceu em diálogo com Europeu 1 que as críticas do craque português à entidade inglesa “obviamente eles afetaram” no campus.

“Obviamente, essas palavras nos tocam. Estamos cientes do que está acontecendo e do que está sendo dito”destacou o zagueiro francês, que dividia vestiário com CR7 por nove temporadas (sete no Real Madrid e duas no United).

Declarações portuguesas terão consequências (Reuters)
Declarações portuguesas terão consequências (Reuters)

“Tentamos acalmar a situação à nossa maneira. e tentamos não nos envolver muito. As coisas que estão acontecendo na mídia estão ganhando força em clubes como o United”, disse Varane.

Por sua vez, o defesa-central, de 29 anos, disse preferir distanciar-se do episódio e não colocar mais lenha na fogueira: “Quando é uma estrela como o Cristiano Ronaldo, ainda mais, é por isso que nós tentamos ganharou seja, não estamos tentando mudar a situação sozinhos, fazemos parte de um coletivo”.

Por fim, foi consultado sobre as possíveis sanções que o clube vai impor ao avançado português: “O que eu quero é o melhor para a minha equipa, por isso aconteça o que acontecer seja a decisão, como jogadores vamos aceitá-la e daremos o melhor de nós”.

Ronaldo cobrado contra Ten Hag (Reuters)
Ronaldo cobrado contra Ten Hag (Reuters)

Recentemente, veio à tona que, horas antes da tão esperada entrevista de Cristiano Ronaldo com Piers Morgan ir ao ar, o Manchester United abaixou um enorme afresco da superestrela portuguesa nos arredores de Old Trafford.

Entre algumas das declarações que fez, CR7 Ele garantiu que o United não avançou após sua primeira passagem bem-sucedida entre 2003 e 2009. “Quando cheguei, pensei que tudo seria diferente: tecnologia, infraestrutura, tudo”, disse. “Fui surpreendido na contramão. Vi que tudo continuava igual”.

Ao mesmo tempo, ficou impressionado com o fato de os jovens jogadores do United não o usarem como exemplo. “Eles ouvem uma coisa e dois minutos depois esquecem e fazem o que acham melhor”, notado. Sem dar nomes, Cristiano Ronaldo disse ‘não se importam’ e acrescentou que Diogo Dalot, Lisandro Martinez e Casemiro foram a exceção.

Conforme relatado do continente europeu, antes de agir A United buscará aconselhamento jurídico para decidir como proceder. esportes do céu relatou que Ten Hag e os jogadores ficariam “extremamente desapontados com a forma e o momento da entrevista de Ronaldo”.

continue lendo

Filomena Varela

"Desbravador do bacon. Geek da cultura pop. Ninja do álcool em geral. Defensor certificado da web."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *