Em Portugal já é ilegal os patrões contactarem os seus empregados fora do horário de trabalho

Por El Financiero (México)

O Parlamento de Portugal aprovou uma reforma da lei trabalhista que impede os trabalhadores de entrar em contato com seus funcionários quando estão fora do horário de trabalho.

“O empregador tem o dever de se abster de entrar em contato com o trabalhador durante o período de descanso, exceto em casos de força maior”, concordou a legislação, segundo o Jornal de Negócios.

Segundo os meios de comunicação social portugueses, as situações de força maior referem-se a acontecimentos imprevistos ou urgentes, como incêndios ou acidentes, ou a qualquer facto relacionado com a própria organização do trabalho.

A reforma também prevê que os trabalhadores não podem ser maltratados ou discriminados simplesmente por exercerem seu direito a um “período de descanso”, ou seja, não atenderem mensagens ou ligações durante o horário de trabalho.

“Constitui ação discriminatória (…) qualquer tratamento desfavorável, em termos de condições de trabalho e desenvolvimento profissional, concedido a um trabalhador pelo exercício do direito estabelecido no número anterior”.

A mudança constitucional também determinou que trabalhadores que tenham filhos de até oito anos possam trabalhar em casa.“desde que a empresa tenha mais de nove funcionários e que, quando possível, o teletrabalho seja realizado por rodízio entre os pais”.

A lei só permitia o teletrabalho para trabalhadores com filhos menores de três anos, então agora essa extensão de idade beneficiará uma parcela significativa da população.

“Acrescenta-se agora a extensão deste direito aos pais de filhos até aos oito anos de idade, quando ambos os progenitores podem teletrabalho, desde que exercido por ambos em períodos sucessivos de igual duração no prazo de um período de referência máximo de 12 anos, bem como pais solteiros ou de que apenas um dos progenitores possa teletrabalho, tendo filhos da mesma idade”.

As medidas entrarão em vigor a partir de dezembro de 2021.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.