Espanha, França e Portugal lançam projeto de cooperação para melhorar a gestão do espaço marítimo

21/02/2022

A MITECO participa neste projeto através da Direção Geral da Costa e do Mar e da Fundação Biodiversidade

O objetivo é avançar na implementação dos processos de ordenamento marítimo e contribuir para o desenvolvimento e melhoria dos planos de ordenamento do espaço marinho na Macaronésia Europeia e na Guiana Francesa.

A Espanha concentrará seus esforços na promoção de análises setoriais das Ilhas Canárias e na integração do ordenamento do território e das políticas ambientais

Espanha, França e Portugal unem forças em projeto de cooperação transfronteiriça MSP-OR: Promover o ordenamento do espaço marítimo nas regiões ultraperiféricas, apoiar a aplicação da Directiva Ordenamento do Território Marítimo nas suas águas marinhas. O Ministério da Transição Ecológica e Desafio Demográfico (MITECO) participa como parceiro no projeto através da Direção Geral do Litoral e do Mar e da Fundação Biodiversidade.

A crescente pressão das atividades humanas no espaço marítimo exige planejamento para mitigar os impactos e gerenciar possíveis conflitos. O ordenamento do espaço marítimo é uma ferramenta poderosa para ajudar os países a encontrar objetivos comuns, gerir as atividades humanas que competem pelo espaço marinho e gerir os seus efeitos, promovendo o uso sustentável do oceano.

Esta iniciativa, coordenada pelo Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia de Portugal, servirá de base para o desenvolvimento e adoção dos princípios do ordenamento do espaço marítimo em quatro regiões ultraperiféricas, facilitando a governação integrada dos oceanos entre os países participantes.

Além do MITECO, os parceiros espanhóis do projeto incluem o Centro de Estudos e Experimentação em Obras Públicas, o Instituto Espanhol de Oceanografia, o Governo das Ilhas Canárias e a Universidade de Las Palmas de Gran Canárias. A parte portuguesa é representada pela Secretaria Regional do Mar e Pescas dos Açores, pela Secretaria Regional do Mar e Pescas da Madeira e pela Direcção-Geral de Política do Mar. Da França, participam o Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Marinha e o Centro de Estudos e Perícias em Riscos Ambientais, Mobilidade e Planejamento.

PLANEJAMENTO DO ESPAÇO MARÍTIMO

Durante três anos, as ações desenhadas no projeto trabalharão para avançar no planejamento marítimo, de acordo com as necessidades particulares de cada região. Entre eles, destaca-se a investigação para colmatar as lacunas que dificultam o avanço dos processos de implementação do ordenamento do espaço marítimo nas diferentes zonas ultraperiféricas.

Destaca também o desenvolvimento da Ocean Governance Platform, um cenário virtual de apoio à governação cooperativa, comunicação entre autoridades competentes e partilha de contribuições para o ordenamento do espaço marítimo, que permanecerá ativo no futuro, para além da duração do projeto.

A participação do MITECO através da Direcção Geral da Costa e do Mar, a entidade competente para o ordenamento do espaço marítimo e estratégias marinhas em Espanha, centrará os seus esforços na promoção de análises sectoriais das Ilhas Canárias e na integração do ordenamento do território e das políticas ambientais, além de participar em outras ações.

A Fundação Biodiversidade realizará atividades de formação, comunicação e divulgação, e serão realizados processos participativos nas Ilhas Canárias voltados para os setores de energias renováveis ​​e lazer náutico, além de apoiar os demais parceiros em outras ações. Além disso, este projeto complementará as ações de participação, capacitação, conscientização e articulação entre administrações e integração de políticas lançadas no projeto LIFE INTEMARES, coordenado pela Fundação Biodiversidade, para alcançar uma gestão eficaz das áreas marinhas da Rede Natura. .

documentos

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.