Estudantes da Galiza e Portugal debateram em Ourense o futuro da Política Agrária Comum

Cerca de cinquenta estudantes da Galiza e de Portugal reuniram-se esta terça-feira, 14 de junho, no Complexo Turístico O Corgo, em Muiños (Ourense), para a cerimónia final de encerramento do projeto. FunCAPuma iniciativa liderada pela Fundação Juana de Vega e financiada pela Comissão Europeia, que nos últimos meses tem divulgado os benefícios da Política Agrícola Comum (PAC) entre os jovens da Eurorregião Galiza-Norte de Portugal.

Um total de 15 centros educativos -7 na Galiza e 8 em Portugal- e mais de 500 alunos participaram activamente nesta iniciativa inovadora financiada pelo Programa de Medidas de Informação no domínio da Política Agrícola Comum (IMCAP). Além disso, foram organizados dois webinars online, com pouco mais de 200 inscritos, durante os quais especialistas de renome analisaram o presente e o futuro da ajuda da PAC na Galiza e em Portugal.

Neste dia de encerramento participaram alunos e professores de cinco centros educativos em Portugal (Escola Profissional Agrícola Conde de São Bento, Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos, Escola Profissional do Alto Douro e Escola Profissional ETAP de Vila Praia de Áncora) e cinco outras escolas galegas (EFA Fonteboa, IES Ortigueira, IES Xelmírez II, CFEA de Sergude e IES de Arzúa).

Pela manhã, os participantes participaram de uma sessão de “Os Soutos do Norte”, um jogo desenvolvido para este projeto que ensina de forma lúdica como aplicar os princípios da PAC: sustentabilidade ambiental, produção de alimentos saudáveis ​​e projetos economicamente viáveis . , em linha com o “European Green Deal” ou a “Farm to Fork Strategy”.

Após o almoço, os alunos, muitos deles futuros agricultores e pastores, tiveram um diálogo enriquecedor com pessoas com experiência comprovada no setor: Beatriz Guimarey, do Posto de Atendimento PEI-Agri; Elena Piñeiro, Presidente da Associação de Vereadores Rurais da Galiza; Isabelle Gómez, uma das fundadoras da Traloagro, uma quinta biológica que também processa e comercializa a sua produção, e Pedro Rei, presidente da Associação de Jovens Agricultores de Portugal.

Avaliação “muito positiva” dos resultados do projeto FunCAP

O encerramento institucional foi realizado por Enrique Sáez Ponte, presidente da Fundação Juana de Vega, que classificou os resultados do projeto como “muito positivos”. “Estamos muito satisfeitos porque conseguimos aproximar a política agrícola comum dos jovens, em particular dos jovens que estão a ser formados no setor agrícola e pecuário, da Galiza e do Norte de Portugal, onde temos muitos pontos em comum também no ensino primário. setor”, sublinhou.

Algumas fotos do dia:

SESSÃO DE PESCA FUNCAP EXPERIÊNCIAS 4 PADRÃO SESSÃO DE PESCA FUNCAP EXPERIÊNCIAS 2 PADRÃO SESSÃO DE PESCA FUNCAP EXPERIÊNCIAS 5 PADRÃO SESSÃO DE PESCA FUNCAP EXPERIÊNCIAS 1 PADRÃO SESSÃO DE PESCA FUNCAP EXPERIÊNCIAS 6 PADRÃO

#IMCAP @EuAGRI

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *