Grande vitória da Argentina contra a Itália no segundo dia do WSG

No âmbito dos Jogos Mundiais de Skate, decorreu a segunda jornada do Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins Sub-19 com quatro jogos disputados no Estádio Aldo Cantoni. Na última partida, a Argentina venceu a Itália por 8 a 4, dando um passo fundamental para pensar na fase final do campeonato.

Correspondência correspondente à Zona B

No Estádio Aldo Cantoni, o Chile estreou com uma confortável vitória por 16 a 0 sobre o México, enquanto o time asteca somou sua segunda derrota consecutiva (no primeiro dia foi 15 a 0 contra a Itália).

Síntese

México (0): Francisco Leyva, Ariel Benítez, Paris González de Rosas, Samuel Cuatle Rodríguez, José Ramírez foi a equipa inicial designada pelo treinador Francisco González Robles.

Chile (16): Fernando Zúñiga, Christian Zelaya, Agustín Torres, Martín Molina, Raimundo Campos. Foi o quinteto arranjado pelo técnico Rodrigo Quintanilla.

Gols: Mario Chavarría 4, Raimundo Campos 4, Martín Molina 3, Miguel Paneque 2, Oscar Valdez 1, Agustín Torres 1, Benjamin Trecic 1.

árbitros: Paulo Giraudo – Ariel Morisio

Partidas correspondentes à Zona A

No segundo jogo do dia, Estados Unidos e Colômbia se enfrentaram, deixando a seleção sul-americana com uma confortável vitória por 14 a 2.

Síntese

Estados Unidos (2) Dillon Barton, Austin Corsuch, Batista Comeglio, Genaro Comeglio, Cheistian Sarver (Colômbia)

Colômbia (14): Juan Palacio, Oscar Pataquiva Amaya, Samuel Correa Gómez, Nicolás Zapata Cano, Sergio López

Gols: Oscar Pataquiva Amaya 5, Samuel Correa Gómez, Nicolás Zapata Cano 2, Sergio López 2, Nicolás Joya Hernández, Juan Rodríguez Posada 2, Luka Rodríguez Echeverry.

Genaro Comeglio 2 (UE)

Árbitros: Emanuel Mizutamari – Loic Le Menn

O dia incluiu dois jogos com rivais clássicos do hóquei mundial. O primeiro deles foi feito por Espanha e Portugal e mostraram porque, desde cedo, os jogadores destas equipas estão ao mais alto nível do hóquei mundial. Portugal começou com uma vitória por 3-0 nos primeiros 25 minutos e a Espanha puxou a sua garra para empatar o jogo e comemorar como se fosse uma vitória.

Síntese

Espanha (3): Nil Viña Rechel, Eloi Cervera del Fresno, Bruno Saavedra Rodríguez, Joan Ruano/Company, Bienne Autet

Portugal (3): Francisco Fernandes, Tiago Sanches, Vitor Oliveira, Miguel Henriques, João Inácio

Gols: Tiago Sanches, Vítor Oliveira, Filipe Martins (Portugal)

Bruno Saavedra Rodríguez 2, Eloi Cervera del Fresno (Espanha)

árbitros: Claudio Ferraro – Sergio Insua

Correspondência correspondente à Zona B

A seleção argentina levou apenas 24 segundos para assumir a liderança e aos 4:08 esticou o placar que trouxe calma para o que estava por vir para a equipe de Juan Manuel Garcés . Ele continuou a tomar a iniciativa constantemente contra uma Itália surpresa que não conseguiu encontrar respostas em campo, chegando a um 4-0 extremamente tranquilizador, mesmo que seja sabido que no hóquei nunca há benefícios suficientes; A Itália reagiu e em dois minutos reduziu o déficit para apenas dois gols, deixando o jogo aberto para os 25 minutos finais.

Síntese

Argentina (8): Juan Manuel Carrion, Francisco Torres, Giuliano Giuliani, Joaquin Olmos, Santiago Chiambella

Itália (4): Jacopo Raveggi, Ettore Barbieri, Alessandro Amatulli, Giulio Piccoli, Mateo Cardella.

Gols: Santiago Chiambella 1, Francisco Torres 2, Joaquín Olmos 2, Albano Martinazzo 1, Giuliano Giuliani 1, Luca Garcés

Mateo Cardella, Giulio Piccoli, Liam Bozzetto, Giole Piccoli

Árbitros: João Duarte, Ivan Gonzalez

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *