Gravam uma idosa com uma ferida aberta coberta de formigas numa residência em Portugal

As imagens de uma idosa filmada enquanto ela estava na cama em um lar de idosos com uma ferida aberta e o corpo coberto de formigas abalou os portugueses e obrigou os funcionários de asilo a abrir uma investigação e admitir “negligência grave”.

As imagens, que foram transmissão nas redes sociais e agora transmitido pela mídia local, mostra a velha com uma mão amarrada à cama e formigas no pescoço, rosto, braços, abdômen e pernas.

A gravação também mostra roupa de cama jogada no chão no quarto e trilhas de formigas que levam a um corredor e outras instalações residenciais.

Segundo o Correio da Manha, o incidente foi registrado em julho e a mulher morreu um mês depois.

Os eventos ocorreram em um residência da Santa Casa de Misericórdia de Boliqueime, em Loulé (Algarve, sul), que, numa mensagem publicada no Facebook, afirma ter denunciado o autor do vídeo, embora admita ter apurado “grave negligência”.

A residência informa que teve conhecimento de que “alguns de seus trabalhadores não conseguiram garantir atendimento adequado a um paciente” apenas na semana passada.

O filho, porém, contou ao Correio da Manhá que percebeu a falta de atendimento quando a mãe entrou na instituição e “quando fui visitá-la estava coberta de formigas, avisei a residência e nada fizeram”.

o Santa Casa da Misericórdia É uma instituição católica que, além de ter residências para cuidar de doentes e deficientes, tem negócios imobiliários e a concessão de jogos de azar em Portugal

Suzana Leite

"Estudioso de viagens do mal. Totalmente viciado em café. Escritor. Fanático por mídia social. Estudante amigo dos hipsters."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.