La Moncloa. 06/10/2022. Espanha e Portugal reforçam a sua colaboração no domínio da ciência e inovação [Prensa/Actualidad/Ciencia e Innovación]

Durante o encontro, Morant e Fortunato discutiram as iniciativas conjuntas dos dois países no âmbito do Projeto Estratégico de Recuperação e Transformação Econômica Aeroespacial (PERTE), coordenado pelo Ministério da Ciência e Inovação da Espanha.

No âmbito deste PERTE, Espanha e Portugal vão promover a Constelação do Atlântico, um programa de observação da Terra que contará com uma constelação de pequenos satélites de alta resolução e envolverá um investimento total de 60 milhões de euros com fundos do Plano de Recuperação, Transformação e Resiliência.

Esta constelação, que complementará os satélites europeus Copernicus da União Europeia (UE), estará orientada principalmente para a observação de zonas costeiras para melhorar a monitorização ambiental e marítima e a gestão dos recursos naturais, marinhos e costeiros.

Criação do Centro Ibérico de Investigação de Armazenamento de Energia

Espanha e Portugal também têm uma estreita cooperação em I&D&I em áreas como a energia. Os dois países estão a colaborar no desenvolvimento do Centro Ibérico de Investigação em Armazenamento de Energia, que ficará localizado em Cáceres e dotado de laboratórios de última geração para desenvolver todo o ciclo de armazenamento de energia.

No final de 2021, o Ministério da Ciência e Inovação espanhol assinou um OK com o Centro de Investigação Energética, Ambiental e Tecnológica (CIEMAT), o Governo Regional da Extremadura e a Fundação Fundecyt-Parque de Ciência e Tecnologia da Extremadura para levar a cabo as acções necessárias à criação, equipamento e arranque desta entidade.

Especificamente, o governo espanhol destinará cerca de 58 milhões de euros até 2023 para promover a sua criação, graças aos fundos europeus do Plano de Recuperação, Transformação e Resiliência.

Morant salientou que esses investimentos ajudarão a criar novas oportunidades econômicas e para o pessoal de pesquisa, especialmente entre os mais jovens, e ajudar a reter e atrair talentos internacionais.

Mais Informações

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.