La Nación / Após dois anos de pandemia, os artesãos de Tobatí serão as estrelas do festival de cerâmica e artesanato

Esta terça-feira apresentaram uma nova edição do Festival de Cerâmica e Artesanato, em que os artesãos de Tobatí vão colocar à venda os seus trabalhos em barro para dar visibilidade aos seus produtos a nacionais e estrangeiros, após dois anos marcados pela pandemia. Dessa forma, a cidade andina buscará exaltar os trabalhos realizados na capital paraguaia do artesanato.

A ideia é divulgar o trabalho de um grande número de artistas e ceramistas de Tobate que vão expor seus trabalhos como entalhes, peças de barro e esculturas de beleza ímpar. Além disso, terão artesanato karanda’y, máscaras artesanais, artigos de couro, entre outros.

O evento acontecerá no aniversário da cidade neste dia 2 de outubro a partir das 13h na Plaza Amistad e contará com a presença de artistas nacionais e departamentais. No lançamento no Turista Róga, estiveram presentes a Ministra do Turismo, Sofía Montiel de Afara, e o prefeito da cidade, Dan Alberto González.

Leia também: Seca causou perda de US$ 3 trilhões em receita de exportação

Os Tobateños querem fazer parte do circuito turístico do país e conseguem instalar a marca “Tobatí” local e internacionalmente. Foto de cortesia.

“Teremos uma exposição de Kambuchi Rapé onde os mestres artesãos mostrarão a habilidade do trabalho com o qual mantiveram a tradição da época”, comentou González. Da mesma forma, pediu o apoio da Senatur para unir o povo de Tobate, que quer fazer parte do circuito turístico do país e conseguir instalar a marca “Tobatí” local e internacionalmente.

Por seu lado, Montiel referiu que será uma forma criativa e inovadora de atrair o interesse de visitantes nacionais e estrangeiros e, assim, convidá-los a conhecer o melhor da nossa cidade, mostrando o melhor da sua arte. Para este ano, a expectativa é que um grande número de pessoas venha à cidade para comprar esses produtos, disse.

Leia também: Eles ainda não veem queda no preço dos produtos da cesta básica

Suzana Leite

"Estudioso de viagens do mal. Totalmente viciado em café. Escritor. Fanático por mídia social. Estudante amigo dos hipsters."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *