Lenda da música brasileira Gal Costa morre aos 77 anos

Caracas.- A cantora Gal Costa, lenda da música brasileira de voz cristalina e musa do tropicalismo, morreu aos 77 anos em São Paulo, anunciou nesta quarta-feira sua assessoria de imprensa.

“Infelizmente, confirmamos esta informação”, disse o assessor de imprensa à AFP, sem especificar a causa da morte.

As informações sobre o velório “serão divulgadas mais tarde”, acrescentou.

Gal Costa teve que cancelar um show no festival Primavera Sound, em São Paulo, no último final de semana, após passar por uma cirurgia em setembro para retirar um nódulo de sua cavidade nasal.

Mas ela era esperada de volta aos palcos: seu site incluía dois shows em São Paulo e no Rio de Janeiro em 17 de dezembro e 14 de janeiro.

Nascida em Salvador da Bahia e conhecida por seus cabelos castanhos e sorriso sedutor, Gal Costa foi uma das principais figuras do movimento tropicalista do final dos anos 1960, ao lado de outros cantores lendários como Gilberto Gil e Caetano Veloso.

Luto pela música brasileira
A notícia inesperada lamentou o mundo da arte brasileira, que a homenageou nesta quarta-feira.

“Estou muito emocionado e triste com o falecimento da minha irmã Gal Costa”, tuitou Gilberto Gil, 80 anos.

A cantora Maria Bethânia, amiga de María da Graça Costa Penna Burgos, mais conhecida como Gal, sublinhou o vazio que vai deixar na música brasileira.

“Estou em choque, tão triste. Nunca pensei que chegaria o dia de te contar sobre a dor de perder a Gal. O Brasil que ela encantou com sua voz única e magistral, hoje, em sua totalidade, está de luto por ela. Como eu.” Bethânia disse, em um vídeo compartilhado em seu Instagram.

Nas ruas do Rio de Janeiro, os transeuntes também se entristeceram com a partida de um ícone da música.

“Ela é uma artista muito importante não só para mim, mas para os brasileiros e para o mundo. É uma perda irreparável. Temos que chorar, estamos perdendo Gal Costa, sua voz, sua alegria”, disse Rose Maria Farias, 52 anos. -professor de 1 ano. anos.

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva postou uma foto no Instagram dele abraçando Costa.

“Gal Costa foi um dos maiores cantores do mundo, um dos principais artistas que carregou o nome e o som do Brasil pelo mundo (…) Nosso país está perdendo uma de suas grandes vozes”, escreveu.

Fora do Brasil, o Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, prestou homenagem a “uma das mais ricas e diversificadas carreiras da música popular brasileira”.

Gal Costa “deixa-nos a memória eterna de meio século de canções”, disse em comunicado.

O artista tinha um filho adotivo de 17 anos, Gabriel, cujo interesse por um tipo de música mais popular inspirou seu último álbum, de 2018, “A pele do futuro”.

Filipa Câmara

"Estudante. Fanático apaixonado por álcool. Praticante de TV. Desbravador do Twitter. Solucionador de problemas."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *