Morre Fernando Gomes, duas vezes Bota de Ouro

28/11/2022 às 14h38

ISTO


O Porto, clube onde Gomes é o melhor marcador de sempre, anuncia a sua morte aos 66 anos, vítima de cancro

O ex-futebolista português Fernando Gomes, duas vezes Bota de Ouro e melhor marcador do Porto, morreu este sábado, aos 66 anos, após uma longa luta contra o cancro, noticiam os “dragões”.

“É com muita tristeza e consternação que o Futebol Clube do Porto comunica o falecimento de um dos principais nomes da sua história. Fernando Gomes, dupla Bota de Ouro e melhor marcador da camisola azul e branca, faleceu este sábado, aos 66 anos. devido a doença prolongada“, revelou o Porto em comunicado.

Ambos Federação Portuguesa de Futebol (FPF) bem como a Liga Portuguesa e os dirigentes do panorama desportivo e político enviaram as suas condolências pela perda.

Os “dragões” recordaram que Gomes, nascido no Porto em Novembro de 1956, “ele colecionou gols e títulos em sua curta carreira nas ninhadas” e que “rapidamente se transformou num jogador ainda mais produtivo no futebol sénior”.

Estreou-se pela equipa principal do Porto aos 17 anos e com 20 se consagrou como artilheiro da Liga na primeira das seis vezes.

Foi pentacampeão nacional, uma vez campeão europeu, vencedor de três Taças de Portugal, três Supertaças Cândido de Oliveira e uma Taça dos Campeões Europeus.

Recebeu a Chuteira de Ouro como artilheiro da Europa em 1983 e 1985 e “foi o dono e dono da camisa 9 e da pulseira azul e branca nas décadas de 1970 e 1980”, acrescentou o clube, que enviou condolências à família, amigos e torcedores. Em seus vinte anos de turnê com os “dragões” ele jogou 452 partidas e marcou 355 gols.

“Sua experiência em campo e à frente do serviço de prospecção deram-lhe experiência mais do que suficiente para assumir o cargo de diretor de treinos dos Dragões, cargo que ocupou até ao último dia apesar de problemas de saúde”, pode ler-se no comunicado.

Por ocasião de sua morte, a FPF determinou uma momento de silêncio nas competições que organiza até a próxima segunda-feira, dia 28 de novembro.

Por seu turno, o Presidente da Liga Portuguesa, Pedro Proença, Publicou uma mensagem no Facebook em que diz ter recebido a perda de Gomes com ‘profunda consternação’, ‘uma figura maior que o futebol, um jogador extraordinário mas, acima de tudo, um senhor que mudou a vida de quem com ele conviveu’.

“O futebol português perde um dos seus maiores embaixadores, alguém que sensibilizou dentro e fora do relvado. Ficarão as melhores memórias de Fernando Gomes“, ele adicionou.

O treinador dos ‘Dragões’, Sérgio Conceição, também se despediu de Gomes através das redes sociais com um “para todos os tempos” e afirmou que “um símbolo” do futebol portista e português se foi. “Nossos caminhos se cruzaram muito antes do futebol. Desde cedo aprendi a valorizar o Fernando como homem. Ao longo dos anos mantivemos uma relação de muito respeito e admiraçãojuntando o futebol ao que nos unia”, postou no Instagram.

Eles também postaram mensagens de despedida Benfica e Sporting de Portugalentre outras entidades.

Marciano Brandão

"Defensor apaixonado da internet. Amante de música premiado. Totó de café. Estudioso de mídia social ao longo da vida."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *