O Fat Institute realizará um seminário sobre o projeto Phenoils

o projeto, financiado pelo Instituto Europeu de Tecnologia (EIT), está a ser desenvolvido por um consórcio europeu formado por equipas de Espanha, Itália, Alemanha e Portugal. Especificamente, participam várias entidades públicas e privadas, como a Acesur (coordenadora do projeto), o Instituto de Gordura (CSIC), a Universidade de Turim, o centro tecnológico alemão Fraunhofer e a empresa portuguesa Energy Pulse Systems.

O projeto centra-se no desenvolvimento e otimização de novas tecnologias de extração de azeite que permitam obter azeites mais saudáveis, com maior presença de polifenóis e outros compostos bioativos dos quais se demonstrou ter efeitos benéficos para a saúde.

Durante os três anos do projeto, o Fat Institute realizou vários testes em seu lagar experimental usando a tecnologia de pulso elétrico desenvolvida pela empresa Energy Pulse Systems e estudou o efeito desses tratamentos PEF na qualidade organoléptica e nutrição do azeite virgem .

Um objetivo fundamental do projeto é facilitar a divulgação dos resultados obtidos e transferir a informação gerada a todos os agentes associados ao setor de produção de azeite. Por isso, como parte dessas atividades de divulgação, o Fat Institute desenvolverá este seminário teórico prático sobre os resultados do projeto.

Filomena Varela

"Desbravador do bacon. Geek da cultura pop. Ninja do álcool em geral. Defensor certificado da web."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *