O restaurante português que arrasa Vitória

O melhor da gastronomia portuguesa em Vitória. Isso é o que eles oferecem este restaurante que triunfa na capital de Álava. Sua transferência da rue Manuel Iradier para Polígono de Uritiasolo o fluxo contínuo de clientes não diminuiu nem um pouco.

Localizado no Venda da Rua das Estrelas, São centenas de vitorianos que vêm todas as semanas para este autêntico templo do bacalhauum dos melhores em Euskadi.

Estamos falando do restaurante O Moinho que, com uma clientela fiel adquirida a Manuel Iradier, mantém o seu sucesso na zona industrial de Uritiasolo, onde a maior parte finais de semana devem pendurar o painel completo, com 100% de reserva de mesa (945 043673).

porções generosasqualidade do produto (bacalhau e carne) e preços acessíveis com menus que variam de 20 a 40 euros (Em adição ao menu do dia dias da semana e pratos a la carte) faça um combinação perfeita por isso está entre os favoritos de muitos vitorianos.


Receitas autênticas de Portugal

São muitos e pratos muito variados da cozinha portuguesa degustar neste restaurante em Vitória.

Claro que o o bacalhau ocupa um lugar privilegiadocozinhado de formas muito diferentes: bacalhau grelhado com batatas assadasbolinhos de bacalhau, bacalhau braseadoBacalhau em Lagareiro (grelhado), bacalhau com creme ou bacalhau em Zé do Pipopara citar apenas algumas receitas porque a lista é muito maior.

Além disso, alguns notáveis entradas típicas como o chouriço português ou caldo verde tradicional para fazer a boca de quem te espera a seguir O que é caldo verde?

O caldo verde é um Sopa feito com batatas, cebolas, repolho e pedaços de salsicha de porco (chouriço). É uma comida de conforto perfeita que você pode ter como entrada antes de qualquer refeição.

E para continuar com os pratos mais energéticos, não podemos esquecer o arroz e claro o carne, outra de suas especialidades. Desde pena, pombo, segredo e presa até o lombo, cordeiro (grelhado) e bitoque, entre outras opções do cardápio.

Tudo isso acompanhado de um vinho verde rico que podem recomendar no próprio restaurante.

um autêntico experiência gastronômica que o aproxima um pouco mais de Portugal. De novo!

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.