Os destinos favoritos dos habitantes de Salamanca neste verão

As mudanças na tecnologia e os avanços na sociedade levaram a mudanças na o caminho de verão do povo de Salamanca, que substituíram os mapas em papel por GPS ou ouvir música em cassetes via Bluetooth. Viajar com mais passageiros do que o permitido, sem ar condicionado e sem cinto de segurança, foi esquecido “porque agora os veículos têm todo o conforto possível e os viajantes exigem que o transporte seja adaptado às novas tecnologias”, reconhece Juan Carlos Del Val, presidente da Associação de Salamanca. agências de viagens (ASAV).

Há vinte anos, os habitantes de Salamanca fixaram-se nas praias de Portugal, como fazem hoje, para aproveitar as férias no período de verão. “O destino preferido dos charros era o país vizinho por ter praias perto da nossa cidade, embora também tenham escolhido Astúrias ou Cantábria porque a água é menos fria”, explica Juan Carlos Del Val.

Viajar na Europa “está mais abandonado do que agora, embora muitos turistas tenham viajado para Caribe porque os atacadistas ofereciam voos muito baratos. Há vinte anos, a viagem custava 300 ou 400 euros e agora está em torno de 1.000”, explica Del Val.

Atualmente, viajantes escolhem destinos que nunca visitaram antes e selecioná-los com base no preço. “Como tudo é uma linha regular, as pessoas variam mais seus locais de verão, embora os mais usuais sejam a costa do Levante, a Andaluzia e as ilhas espanholas. benidorm É um dos destinos preferidos por excelência já que os autocarros cheios de Salamanca vão para lá todas as semanas”, explica o presidente.

A diminuição das restrições às viagens para Europa também encoraja os habitantes de Salamanca a cruzarem as fronteiras “para Portugal, França, Itália, Grécia, Croácia ou Reino Unido porque estão próximos e têm um preço melhor”, diz Del Val. Também detalha que após a pandemia, Disneylândia Paris É a aventura estrela que as agências de viagens mais vendem na hora da comunhão.

A forma de planejar e realizar uma viagem também passou por transformações desde os anos 2000. Em geral, os internautas utilizam a internet para organizar viagens curtas e agências para viagens longas e ao exterior. “Na Internet, você precisa verificar se a página está verificada e se está tudo correto. Muitas pessoas sofrem de crime de cartão de crédito ou fraude de acomodação inexistente. Porém, das agências, reservamos tudo com seguro e realizamos o procedimento em favor do cliente”, finaliza Del Val.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.