Porto deixa Tondela sem opção na Supertaça de Portugal (3-0)

Redação Desportiva, 30 de julho (EFE).- O Porto acertou em cheio e conquistou o primeiro título da temporada ao bater o CD Tondela (3-0) na Supertaça de Portugal, num jogo que os condenou a descansar graças aos golos do internacional iraniano Mehdi Taremi e o brasileiro Evanilson.

O campeão português carregou o peso do jogo desde o início. Trancou Tondela no seu campo e procurou abrir a caixa virando o jogo para as tábuas, especialmente para a direita para explorar a velocidade de João Mário.

Os comandados de Sérgio Conceição aproveitaram a primeira chance clara aos 9 minutos, mas o senegalês Babacar Niasse evitou, de cara, o primeiro gol de Evanilson, que ficou sozinho na frente do goleiro após boa assistência de Taremi.

Pouco depois, Tondela ameaçou com um remate de longe de Telmo Arcanjo (min. 11), na sua única aproximação perigosa à área dos Dragões. O Porto continuou a virar e o golo parecia uma questão de tempo. Aconteceu assim. Depois de meia hora, uma ação estratégica explodiu após uma curva: Evanilson penteou na trave e Taremi, livre de uma marca, terminou em segundo.

O La Tondela ainda não tinha assimilado o golpe quando, apenas três minutos depois, Evanilson condenou o susto, depois de aceitar a rejeição do chute de Taremi na trave, que deixou dois zagueiros antes de erguer a perna.

No segundo tempo, o Porto cedeu mais bola para o rival, mas não sofreu muito na defesa, e soube aproveitar a velocidade dos alas para montar contra-ataques rápidos.

No entanto, o gol final veio na reta final após uma jogada individual do iraniano Taremi, que saiu pela força de suas marcações e desferiu um poderoso chute cruzado.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.