Rodolfo Suarez conheceu membros da Great Wine Capitals

Governador Rodolfo Suárez eu fiz backup Comitê Executivo e autoridades locais da Rede Mundial de Grandes Capitais do Vinho. Representantes chegaram à província para participar do Conferência Anual das Grandes Capitais do Vinho. Durante cinco dias, Mendoza recebe um dos encontros mais importantes do mundo do enoturismo.

De 30 de outubro a 3 de novembroas delegações percorrem as regiões vinícolas provinciais e Eles se reunirão para refletir e tomar decisões sobre o setor.

O encontro terminará na Bodega Los Toneles, com o jantar de gala e a entrega de prémios do concurso local e internacional Best of Wine Tourism, que distinguirá as melhores práticas de enoturismo nas províncias e nas 11 capitais.

Pode lhe interessar: Mendoza dá as boas-vindas às Grandes Capitais do Vinho

A Ministra da Cultura e Turismo, Nora Vicario; a presidente da Great Wine Capitals, Mariana Juri, e os membros da Comissão Executiva, Juan Mara Senz de Buruaga, Steeve Pasche, Mario Adolfo Agliati Valenzuela, Catherine Leparmentir, Jacques Faurens, Catarina Abreu, Alfredo Pedroza, Paolo Arena, Claudia Yanzn e Francisco Riquelme Lopez.

Esta é a segunda vez que Mendoza é o centro deste evento que reúne representantes de todas as cidades que o compõem.: Adelaide, Austrália; Bilbau/Rioja, Espanha; Bordéus, França; Lausanne, Suíça; Mainz/Rheinhessen, Alemanha; Porto, Portugal; São Francisco/Napa Valley, EUA; Valparaso/Vale de Casablanca, Chile; Verona, Itália, e a nova empresa Cape Town/Cape Winelands, África do Sul.

Sobre as grandes capitais do vinho

A rede das Grandes Capitais do Vinho (GWC) Atualmente é formado por onze cidades, localizadas em ambos os hemisférios, que compartilham valores econômicos e culturais: serem regiões vitivinícolas reconhecidas internacionalmente.

A rede global é variável em seu número de membros, porque permanecer nela exige muito trabalho para cada cidade membro. Mendoza se juntou a este grupo em 2005 e desde então elevou os padrões de qualidade de seus serviços de enoturismo ano após ano.

O GWC é a única rede que reúne o chamado “velho” e “novo” mundo do vinho e tem como objetivo promover o turismocultura e comércio entre cidades e regiões reconhecidas internacionalmente.

A rede então hoje consiste em Adelaide, Austrália; Bilbau/Rioja, Espanha; Bordéus, França; Lausanne, Suíça; Mainz/Rheinhessen, Alemanha; Mendoza Argentina; Porto, Portugal; São Francisco/Napa Valley, EUA; Valparaso/Vale de Casablanca, Chile; Verona, Itália, e a nova empresa Cape Town/Cape Winelands, África do Sul.

Pode lhe interessar: Kirchnerismo de Mendoza mantém o poder interno da PJ por mais dois anos

Alex Gouveia

"Estudioso devoto da internet. Geek profissional de álcool. Entusiasta de cerveja. Guru da cultura pop. Especialista em TV. Viciado em mídia social irritantemente humilde."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *