Rueda espera que da cimeira ibérica surja uma aposta na ligação de alta velocidade entre a Galiza e Portugal

O presidente da Xunta, Alfonso Rueda, exortou os governos espanhol e português a irem “além das promessas” com a ligação de alta velocidade entre a Galiza e o país português, projecto que qualificou de “estratégico” para o futuro da Eurorregião .

O presidente regional participou esta tarde de sábado no encontro “Norte de Portugal-Galiza: território e futuro”, organizado em Vila Real (Portugal) pela Fundação da Casa de Mateus e o Grupo Europeu de Cooperação Territorial (AECT) da Galiza – Eurorregião Norte de Portugal.

Ali, Rueda encorajou os dirigentes de Pedro Sánchez e António Costa a irem “além das promessas” e a assumirem compromissos com o desenvolvimento desta infra-estrutura, que “melhorará a vida dos seus cidadãos e fomentará as relações históricas entre as duas margens do Minho”. .

Depois de avaliar que o governo português estabeleceu prazos para a construção do AVE entre Vigo e Porto, o presidente regional exigiu que o executivo espanhol siga os seus passos e “suponha-se claramente a favor de um projeto fundamental para o ‘Eixo Atlântico’.

Além disso, Rueda defendeu que na 4ª Cimeira, a realizar em Viana do Castelo (Portugal), a Xunta vai também defender a criação de um estatuto para os trabalhadores fronteiriços.

Alex Gouveia

"Estudioso devoto da internet. Geek profissional de álcool. Entusiasta de cerveja. Guru da cultura pop. Especialista em TV. Viciado em mídia social irritantemente humilde."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *