SBK

Jake Gagne estará de volta ao MOTUL FIM Superbike World Championship nesta temporada com uma corrida wildcard no Autódromo Internacional do Algarve para a etapa de Portugal no início de outubro. O americano, atual campeão da MotoAmerica com a Fresh N Lean Progressive Yamaha Racing, esteve anteriormente nas SBK em 2018 com a Red Bull Ten Kate Honda, mas sofreu alguns problemas de pacote e só conseguiu quatro resultados entre os 10 primeiros ao longo da temporada. No entanto, com um pacote competitivo e familiar, Gagné voltará a ter uma grande oportunidade de tentar brilhar no cenário mundial quando visitar a pista de Portimão e correr com a sua Yamaha R1.

Este ano, o atual campeão da MotoAmerica lutou com o estreante no campeonato Danilo Petrucci e atualmente está em segundo lugar depois de oito vitórias e nove pódios. Gagne dominou alegremente a campanha de 2021, vencendo todas as corridas, exceto duas, e acumulando mais de 100 pontos à frente do rival mais próximo, Matthew Scholtz. Com 25 vitórias nas últimas 34 corridas, Gagne é o piloto mais em forma da MotoAmerica. Considerando que ainda há vários lugares de SBK a serem confirmados para 2023, incluindo os da equipe GYTR GRT Yamaha WorldSBK, sua aparição como piloto convidado pode ser uma oportunidade de se colocar entre os candidatos.

Comentando o seu regresso ao paddock das SBK como wildcard, Gagné disse: “Estou muito satisfeito por ter a oportunidade de alinhar na grelha do Mundial de Superbike. Portimão é uma pista muito legal. É ótimo estar de volta e estou realmente ansioso para este desafio. Não podia pedir uma equipa melhor e uma moto melhor, por isso vamos tentar, dar o nosso melhor e desfrutar de todo o processo!

Richard Stanboli, chefe da equipe de desempenho de ataque, compartilha o entusiasmo de Gagné: “Jake e a equipe estão muito satisfeitos por terem sido convidados para correr nas SBK em Portimão. O nosso plano é terminar o MotoAmerica Superbike Championship em Barber e depois enviar as nossas motos para Portugal. É claro que será um desafio, mas quando fizemos aparições como wild card no passado, seja no Mundial de Superbike ou MotoGP, aprendemos muito e melhoramos como equipe. Felizmente, Jake tem experiência no Mundial de Superbike em Portimão e teremos suporte técnico de nossos parceiros da Yamaha Europa. Também gostaria de agradecer à Pirelli pela assistência e suporte técnico que trarão para este esforço. Nosso objetivo é fazer um bom show e deixar nossos fãs orgulhosos.

A Attack Performance participou em vários eventos das SBK como wildcard, em 2018 e 2019, ambas em Laguna Seca. Em 2018, Josh Herrin acabou perdendo os pontos terminando em 16º na Corrida 2, enquanto em 2019, com JD Beach, ele chegou perto dos pontos novamente, terminando em 16º novamente.

Andrea Dosoli, Yamaha Motor Europe Competition Manager, confirmou o seu apoio ao piloto americano e à equipa Attack Performance no evento português: “Estamos ansiosos por receber o Jake de volta ao paddock das SBK. Depois de uma ótima temporada de 2021, ele está lutando pelo título novamente este ano, confirmando seu alto nível de desempenho. Estamos sempre nos esforçando para dar aos pilotos que tiveram sucesso em seus campeonatos nacionais a oportunidade de competir no cenário mundial. Tivemos o vencedor do Campeonato Britânico de Superbike, Tarran Mackenzie, como convidado especial em Donington Park, e estamos muito satisfeitos que o atual campeão de MotoAmerica Superbike possa se juntar a nós em Portimão. Sabemos que não será um desafio fácil, mas estamos prontos para apoiá-lo durante todo o evento e desejamos a ele e à equipe da Attack Performance tudo de melhor para o fim de semana.

Assista o restante da temporada 2022 da melhor forma com o WorldSBK VideoPass!

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.