Segundo o seu psicólogo, Cristiano Ronaldo sofre de depressão

Não é nenhum segredo que Cristiano Ronaldo Ele não está passando por bons momentos em sua carreira como jogador de futebol profissional, comparado ao nível que o levou a ser um dos melhores jogadores do mundo.

Há poucos dias, a Espanha se classificou para a “Final 4” da Liga das Nações ao vencer Portugal por 1-0 no Estádio Municipal de Braga, num importante último teste antes do Mundial.

Leia também: “Gols contra”: Netflix anuncia estreia de série inspirada em Andrés Escobar

Além disso, Cristiano não fez uma boa temporada em Man United, clube onde ele começou a brilhar anos atrás. Ele é um substituto em um time que ele queria deixar e teve polêmica por menosprezar os torcedores.

Os portugueses contrataram o psicólogo Jordan Peterson, que em entrevista a Piers Morgan Ele disse: “Fui à casa dele e conversamos por duas horas. Ele me mostrou todo o seu equipamento para ficar em forma, conversamos sobre seus negócios, o que ele quer para o futuro e alguns dos obstáculos que enfrenta. Cristiano Ronaldo sofre de depressão e faz terapia.

A origem da depressão

A depressão parece ter começado em abril, quando um de seus filhos morreu. Durante este mês, o antigo real Madrid compartilhou a notícia com sua esposa Georgina Rodríguez via Instagram: “É com a nossa mais profunda tristeza que temos que anunciar a morte do nosso filho. É a maior dor que os pais podem sentir. Só o nascimento da nossa filha nos dá forças para viver este momento com um pouco de esperança e felicidade.”

Leia também: Neymar teve que sair para se defender após manifestar publicamente seu apoio a Bolsonaro

“Gostaríamos de agradecer aos médicos e enfermeiros por seu cuidado e apoio. Estamos devastados com essa perda e pedimos privacidade durante esse período difícil. Querida, você é nosso anjo. Sempre te amaremos”, acrescentaram na época.

Lembre-se de alguns dias atrás Kátia Aveiro, A irmã de Cristiano Ronaldo, saiu em sua defesa após as críticas que recebeu por ter perdido a partida contra a Espanha: “Tem que dar uma ajuda a quem sempre deu a sua por Portugal. Mas os portugueses são doentes, mesquinhos, sem coração, estúpidos e ingratos. Isso significa. Quem está sentado é Cristiano Ronaldo e ele é simplesmente o melhor jogador do mundo.”

“Ele tem ao seu lado a sua família e aqueles que o amam, aconteça o que acontecer. Mas estes dias não me surpreendem nada. Os portugueses cospem no prato que comem. Por isso, quando alguém renasce das cinzas e muda de mentalidade , incomoda… Com você sempre, meu rei. Calma”, concluiu a irmã de um jogador histórico que não vive seu melhor momento.

Também: A história de um pai e filho que colecionam o álbum da Copa do Mundo com pouco dinheiro e muito amor

Marciano Brandão

"Defensor apaixonado da internet. Amante de música premiado. Totó de café. Estudioso de mídia social ao longo da vida."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *