The Red Sticks, a um jogo do bilhete europeu

O campo de Mariñamansa é palco de grandes eventos em agosto. Há apenas cinco dias terminou o Torneio Internacional ‘4 Nações’, no qual a seleção masculina espanhola conquistou o título ao derrotar decisivamente o Chile por 7 a 0 na última rodada, concluindo o campeonato com três jogos disputados e três vitórias.

Com isso, os Red Sticks acumulam bons sentimentos para a próxima competição no mesmo palco, que termina hoje após mais três dias de competição, o pré-campeonato europeu de hóquei em campo masculino, onde uma das quatro equipes participantes: Espanha, Portugal, Polónia ou República Checa, jogam o bilhete para a Europa e a verdade é que os de Max Caldas indicam caminhos.

A competição foi aberta pela Polónia-Portugal em que, depois dos lusitanos por 1-3, os polacos apertaram mas não chegaram ao empate, com 2-3 a terminar o primeiro jogo antes da estreia da Espanha. Os de Caldas jogaram contra a República Tcheca e no caso deles o duelo começou empatado já que os tchecos esperavam atrás muito compactos, mas souberam quebrar e chegar com uma vantagem de 2 a 0 no intervalo que nos quartos seguintes só aumentou. Acelerando o ritmo, aos poucos, os gols caíram até a final por 7 a 0.

O encontro seguinte foi um jogo a dois entre República Checa e Portugal que terminou num nobre 5-1 na eletrónica para a realidade no terreno.

Nesse mesmo dia, a Espanha enfrentou a Polónia e o jogo não teve nada a ver com o da primeira jornada, apenas com a vitória, embora desta vez por 0-2. Foi um jogo muito disputado onde a Polónia se levantou e as oportunidades demoraram a concretizar-se, primeiro Álvaro Iglesias abriu o marcador aos 17 minutos e depois aos 41 Quique González de Castejón fez o segundo golo e o placar manteve-se calmo, deixando tudo o que em espera para a sessão de hoje às 12:00. A sentença chega onde a Espanha começa como grande favorita para ocupar o lugar da Europa 2023 ao medir-se contra os vizinhos de Portugal.

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.