Vicente García de Mateos descarta lesão grave

Vicente García de Mateos (Aviludo Louletano) reaparece esta segunda-feira no Grande Prémio do Jornal de Noticias, que se realiza em Portugal na próxima semana. O ciclista de Argamasilla de Alba passou por vários exames médicos nos últimos dias que descartaram uma lesão grave depois de sentir as pernas dormentes após a segunda hora de esforço durante a Volta a Portugal, impedindo-o de dar o melhor de si.

O ciclista de La Mancha conseguiu completar a volta portuguesa e em Espanha colocou-se nas mãos de médicos especializados, que descartaram que a origem desta doença estivesse na artéria ilíaca, como temia. Então, ele passou por uma tomografia das costas em Valência, que revelou que as vértebras L4 e L5 estavam desidratadas e inflamadas, fazendo com que ele ficasse preso ao passar o tempo em pleno esforço na moto. Um problema que desapareceu quando ele desceu da moto, então no dia seguinte a etapa começou bem, mas depois de duas horas ele perdeu a sensação novamente.

“Nos treinos não sofri deste problema porque não fiz um esforço tão contínuo ao longo do tempo”, diz García de Mateos, que está em tratamento e mudou de posição na moto.

Uma pena para ele que no seu grande objetivo da temporada, a Volta a Portugal, não tenha conseguido estar com os melhores, devido a um problema que poderia ter sido detectado anteriormente. O positivo para ele é que uma lesão mais grave foi descartada. Já o GP Jornal de Noticias é considerado uma boa pedra de toque para verificar se está recuperado e assim “lutar batalha e pegar tudo o que tenho dentro”.

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.