Xadrez: O cubano Omar Almeida conquista o cetro do torneio em Portugal

O enxadrista cubano Omar Almeida venceu o Maia Open em Portugal invicto nesta quinta-feira, depois de empatar na nona rodada com o local André Sousa, segundo a mídia oficial da ilha.

O cubano terminou com 7,5 unidades graças a seis acertos e três empates e conquistou a coroa graças ao sistema de desempate, já que o colombiano Esteban Alberto Valderrama chegou a esse mesmo total após vencer o espanhol Julio Suarez, segundo um Observação publicado no portal de esportes Acertar.

Acrescente o texto que por trás dos ponteiros estava um monte de sete donos do mesmo número de pontos, entre os quais escorregou Yasser Quesada de Villa Clara.

O atual monarca da ilha se despediu da disputa assinando a paz com o belga Daniel Dardha e a fórmula de desempate o colocou em quarto lugar atrás do espanhol Manuel Pérez, disse a fonte.

No final da classificação, Dardha foi quinto. Ele foi seguido na ordem por Sousa, o sueco Jung Min Seo e o espanhol José Fernando Cuenca.

pontos fortes Acertar a atuação do ex-vice-campeão mundial inglês Nigel Short, que sofreu uma derrota na quinta rodada contra o ibérico Suárez e terminou em nono lugar.

Para Cuba, o outro no top 20 foi Lelys Martínez, de Santiago, depois que uma vitória sobre o venezuelano David Arenas o fez contornar 6,5 linhas e subir para o 16º lugar, informou o jornal.

O cubano Carlos Daniel Albornoz também está ancorado na 22ª colocação com seis pontos depois de conquistar sua quarta vitória na prova, esta contra a colombiana Jenny Astrid Chirivi.

Camagüey foi protagonista de uma das notícias mais importantes do xadrez cubano nos últimos dias: pela primeira vez seu coeficiente Elo ultrapassou a barreira de 2.600 pontos na atualização do classificação da Federação Internacional de Xadrez (FIDE), que vigorará durante todo o mês de setembro.

Aos 21 anos e com alguns reinados nacionais no currículo, Albornoz aparece agora com 2.605 unidades liderando todos os jogadores que representam a federação insular neste ranking. Além disso, ele ocupa o 29º lugar entre os jogadores ativos na América e 197 no geral, aponta uma relatório do Acertar.

Para atingir a nova cifra, Camagüey somou 27,1 linhas no mês passado graças a fortes atuações na Olimpíada de Xadrez de Chennai 2022 e no Mirandela Chess Open 2022, em Portugal.

Na prova indiana, defendeu a segunda bandeja da seleção masculina cubana e obteve 6,5 pontos em 10 possíveis. Pouco depois, em solo português, conquistou o título com oito unidades em nove jogos, completando uma atuação positiva elogiada por especialistas.

Depois de Albornoz, localizam-se no classificaçãode Cuba, Quesada de Villa Clara e Luis Ernesto Quesada de Avilanian, ambos com 2.580 pontos Elo, enquanto Yuri González da capital é o quarto com 2.525, segundo a última atualização da lista.

A melhor entre as mulheres é a 48ª colocada da campeã nacional, Yaniela Forgas (2.348), à frente de Lisandra Ordaz de Pinar del Río (57/2.326).

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *