A Associação Tierras de Aliste lançará um veículo especial para desastres e emergências

A Comunidade de “Tierras de Aliste” tem um orçamento geral de 389.009 euros este ano de 2022 para garantir a prestação dos seus serviços e “melhorar a qualidade de vida das nossas cidades e dos nossos vizinhos”. Deste montante, a maior parte está diretamente ligada à recolha de resíduos: 183.322 euros para bens e serviços e 88.183 para pessoal. No ano passado, o orçamento foi de 376.008 euros.

A Assembleia Geral do grupo de municípios viu-se obrigada a aprovar um aumento de 4% nas contribuições económicas dos municípios motivados pelo forte aumento do combustível, que é uma das suas principais despesas. A entidade possui apenas três caminhões para coleta de lixo. A estes devem ser adicionados os veículos do Parque Regional dos Bombeiros Voluntários de Tierras de Aliste: carreta mãe, duas bombas pesadas (uma rural e uma urbana), van de resgate e veículo de comando e controle. Há também um aumento legal de 2% nos salários dos trabalhadores. Diante da situação, os municípios decidiram assumir o aumento com recursos próprios para evitar impactos na economia familiar.

Este ano a novidade veio com o arranque do serviço de limpeza de contentores de recolha de resíduos sólidos urbanos, pioneiro na Raya de Espanha e Portugal.

Uma retroescavadeira custa 131.890 euros para atuar na recuperação da Sierra de la Culebra

O investimento econômico foi de cerca de 38.000 euros pagos com capital, graças ao fato de Tierras de Aliste ter uma economia saudável. Um feito e tanto, pois além de oferecer uma infinidade de serviços, fecham os anos com superávit por vários anos. O camião especial é fabricado na Bélgica e atualizado numa oficina especializada na cidade do Porto (Portugal).

A Comunidade de Serviços “Tierras de Aliste” receberá um novo veículo de emergência em agosto para uso em situações extremas como situações de saúde por força maior, neve e tempestades de gelo ou inundações, é necessário se aproximar do médico e da enfermeira das cidades ou para evacuar uma pessoa doente. A viatura de emergência, cujo custo ronda os 42 mil euros, será entregue no quartel dos bombeiros.

O objetivo a curto prazo é obter uma ambulância básica de reanimação para a Zona Básica de Saúde de Aliste. Os prefeitos conseguiram incluí-lo nos projetos de orçamento da Junta de Castilla y León para 2022. No entanto, eleições regionais antecipadas foram convocadas antes da aprovação dos orçamentos, mas a associação e seus prefeitos continuam trabalhando para obter suporte básico de vida para Alist.

A Junta de Castilla y León concedeu uma ajuda de 131.890 euros (100% do custo) à comunidade, imputada à rubrica “Ajudas à coesão territorial”, para a aquisição de uma retroescavadora, para utilização conjunta em todas as localidades que foram afetadas pelo incêndio florestal de 15 de junho na Sierra de la Culebra.

Aparelhos antigos serão recolhidos gratuitamente nas casas e transportados para Palencia para reciclagem

O Tierras de Pronto iniciou no dia 18 de julho o reforço de verão da coleta de lixo, para o qual foram contratados dois novos operadores até 9 de setembro. Assim, são utilizados dois caminhões e são feitas duas viagens diárias de segunda a sábado. Em julho e agosto, a população dobra e, portanto, o mesmo acontece com a geração de resíduos sólidos urbanos.

A sua vasta área geográfica vai de San Pedro de las Herrerías (norte) a Bermillo de Alba (sul) e de Valer y Puercas (leste) até à fronteira portuguesa (oeste). No total, são 792 pontos de coleta (contêineres).

Tierras de Ready terá que enfrentar em setembro a aquisição de novos contêineres para a coleta de lixo que será financiado por uma contribuição de 20.000 euros do Conselho de Casilla e León, trazendo o restante para a comunidade com recursos próprios.

A recolha e posterior reciclagem de objectos volumosos e electrodomésticos volta a ser outra das grandes apostas deste verão: grátis. A maioria da população é idosa e para evitar que eles tenham que carregar objetos pesados, geladeiras e máquinas de lavar serão coletadas em suas casas pelos operadores de cada prefeitura, que se encarregarão de transferi-los para o Centro Logístico de San Vitero , onde serão recolhidos para reciclagem por uma empresa de Palencia. Os dispositivos devem ser sem manipulação e devem ter seu motor.

O restante dos itens volumosos deve ser deixado pelos moradores locais nos locais e datas definidos pelas prefeituras em agosto. A retirada ocorrerá nos dias 31 de agosto e 1, 7 e 8 de setembro.

A mancomunidad gestiona o Parque Comarcal de Bomberos Voluntarios de “Tierras de Aliste” que déarrolla desde hace varios años una muy importante labor tanto en sinistros urbanos como en cendios forestales, en este caso dos convenios con la Consejería de Medio Ambiente de la Junta de Castela e Leão.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.