Cinco primeiras estrelas para Portugal, que vai ter gala Michelin própria – Ao Vivo

Portugal continua sem restaurante com três estrelas e no Guia Michelin Espanha e Portugal 2023, apresentado esta terça-feira em Toledo (centro da cidade), também não conseguiu aumentar a sua classificação com duas estrelas, mas há cinco que conseguem a primeira ‘brilhar’ e Foi anunciado que em 2024 o país português vai ter a sua própria gala de apresentação.

Os restaurantes que integram o guia com uma nova estrela e que “demonstram forte influência da cozinha japonesa”, segundo o guia, são o Encanto, o Kabuki Lisboa e o Kanazawa, todos os três na capital, e o Euskalduna Studio e o Le Monument, no Porto .

A Mesa de Lemos (Passos de Silgueiros) também obteve a estrela verde da sustentabilidade, com a qual existem três estabelecimentos e os que a detêm.

No total, o Guia Michelin 2023 enumera sete restaurantes com duas estrelas para Portugal, 31 com uma, 38 com a categoria Bib Gourmad, que reconhece a boa relação qualidade/preço, e 91 recomendados pela qualidade da sua cozinha.

Durante a gala, a diretora internacional dos Guias Michelin, Gwendal Poullennec, anunciou que a seleção dos restaurantes de Espanha e Portugal para a edição de 2024 será realizada em duas provas distintas, uma para Espanha e, pela primeira vez, outra apenas para Portugal. .

“Com isto, o Guia Michelin pretende celebrar e enaltecer a crescente excelência do panorama gastronómico português”, para além de “contribuir para a promoção de Portugal como um destino gastronómico europeu imperdível”, acrescentou.

Filipa Câmara

"Estudante. Fanático apaixonado por álcool. Praticante de TV. Desbravador do Twitter. Solucionador de problemas."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *