Comunidades afetadas fiscalizadas em Guárico

Para dar continuidade ao atendimento integral às famílias atingidas pelas cheias do rio no município de Ortiz, o Governador do Estado de Guárico, José Vásquezjuntamente com a sua equipa governamental, efectuou na terça-feira uma inspecção nas comunas em causa na entidade das planícies.

Esteve presente na turnê César Gómez, chefe do gabinete do governo; L/R Roger Cordero Lara, Secretário Geral do Governo; L/R Luiger Ugas Medina, Secretário de Segurança e Defesa Cidadã e Diretor de Polícia do Estado Bolivariano de Guárico, e Dayana Encinozo, Presidente do Conselho Legislativo do Estado Bolivariano de Guárico (Clebg); bem como entidades e instituições governamentais.

O governador da região de llanera sublinhou que desde o primeiro momento foi dada atenção às comunidades afectadas, de mãos dadas com a equipa do governo e líderes comunitários, cuidando de cada caso de famílias afectadas.

Indicou que “tivemos missões de famílias que perderam tudo materialmente, graças a Deus não houve perdas humanas e isso é uma das coisas que apreciamos muito”.

Priorize o atendimento

Por seu lado, o presidente regional salientou que está em curso uma ronda de casa em casa para controlar os danos e as necessidades apresentadas nas casas, priorizando a área social, infra-estruturas, saúde, logística e segurança.

Por seu lado, referiu a importância de dar resposta às unidades produtivas que sofreram inundações na sequência das fortes chuvas, especificando que está a ser feita uma avaliação para cobrir as necessidades através dos vários cuidados aos camponeses da entidade.

Assistência conjunta às comunidades afetadas

Vásquez ressaltou que mantém contato constante com o Presidente da República, Nicolás Maduro; a vice-presidente do país, Delcy Rodríguez; bem como com o Director Nacional de Protecção Civil, para que, em trabalho conjunto, façam uma demonstração de ajuda dirigida às famílias afectadas de Orticeña.

“Não vamos deixar essas famílias sozinhas nem por um momento, haverá acompanhamento permanente”, disse Vásquez.

Plano de atendimento de emergência e contingência implantado em Guárico

Explicou que há alguns meses, em conjunto com o Secretário de Segurança e a Direção Estadual de Proteção Civil, executaram um plano de atendimento de emergência e contingência para responder a situações climáticas.

A este respeito, explicou que um dos planos é a criação de abrigos temporários, como tem sido feito no município de Ortiz, sendo a sede da Escola Nacional Básica Juan Germán Roscio, local de acolhimento das famílias afetadas.

Outros municípios atingidos pelas chuvas em Guárico participam

Por sua vez, o governador indicou que foi acionado um destacamento de órgãos de proteção civil e segurança cidadã para o atendimento ideal das mais de 2.000 famílias que sofreram inundações em Sombrerito, município de Camaguán, devido ao transbordamento do rio Portuguesa.

Da mesma forma, na freguesia de Cabruta da jurisdição de Juan José Rondón, também atendem as cerca de 400 famílias afetadas pelos caprichos do clima e pelo transbordamento do rio Orinoco.

Por sua vez, Vásquez acrescentou que, na freguesia de Parapara do município de Juan Germán Roscio, as 35 famílias afetadas receberam ajuda e apoio do sistema de gestão de risco, que foi estendido na segunda-feira passada nas áreas afetadas do estado.

Por outro lado, a máxima autoridade do Estado das Planícies exortou as populações afectadas a terem cautela e paciência.

215 famílias afetadas em Ortiz

Melly Villegas, comissária territorial do município de Ortiz, disse que houve 11 setores afetados pelas inundações, entre os quais: o setor de Corado Belisario, La Manga, Banco Obrero, Barsanti, Las Colonias e outros adjacentes ao rio Paya.

Constatou-se que houve 215 famílias evacuadas de suas casas, porém, 126 delas apresentaram perdas materiais. Por sua vez, especificou que as ajudas recebidas pelas populações vão desde a logística, alimentação e assistência médica.

Por fim, agradeceu às autoridades pelo apoio diante da contingência, ao mesmo tempo em que enfatizou sua disposição de continuar ajudando as comunidades afetadas.

Depoimentos: Inundações 3 vezes

Pedro Ríos, residente e afetado pelo setor Corado Belisário, destacou que a mesma situação aconteceu 3 vezes; a primeira há cerca de 27 anos, a segunda há 14 anos, bem como a recente, registada na segunda-feira, 22 de agosto.

Sublinhou que “espero do governo nacional toda a ajuda possível que possa prestar”, agradecendo ao governo regional pelo que foi recebido até agora.

Por su parte, Honklys Rodríguez, afectada del mismo sector, dijo que las lluvias iniciaron aproximadamente às 11:00 de la noche, sin embargo, detalló que às 4:00 da madrugada estas fueron más fuertes, lo que ocasionó el overflow do Rio.

Da mesma forma, mencionou que, embora tenha conseguido salvar muitas coisas, a maioria das famílias afetadas perdeu grande parte de seus pertences, entre os quais destacou: geladeiras, camas, televisores e outros.

Por fim, agradeceu ao governo nacional e regional o apoio recebido pelas diversas entidades envolvidas na região, bem como pela comunidade.

Planejamento de atividades nas comunidades afetadas

Nesse dia, as equipas básicas de saúde, mandatadas pela Direcção Regional de Saúde e única autarquia do Estado, Dra. Rosa Vásquez, prestaram assistência às pessoas com medicamentos, vacinas e outros serviços.

Enquanto isso, a empresa Distribuidora de Gás Guárico entregou botijões de gás liquefeito de petróleo (GLP) às famílias que os perderam.

Da mesma forma, o movimento Somos Venezuela entregou calçados e roupas para os necessitados, e o Barrio Nuevo Barrio Tricolor forneceu água potável para as famílias da região.

Enquanto isso, por meio da Alimentos del Guárico (Alguarisa), foram entregues 2.150 módulos de alimentos por meio do Comitê Local de Abastecimento e Produção (CLAP).

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.