Coreia do Sul, liderada por Son, busca repetir sucesso de 2002

Os “Tigres Asiáticos” tiveram sua melhor aparição em uma Copa do Mundo há 20 anos, quando receberam e terminaram em quarto lugar.

A Copa do Mundo de 2002 foi histórica para a Coreia do Sul. Mesmo que não fosse sem controvérsias, em particular uma polêmica arbitragem do equatoriano Byron Moreno nas oitavas de final contra a Itália, os asiáticos chegaram às semifinais.

Depois dessa incrível atuação, os coreanos nunca mais foram os protagonistas de uma Copa do Mundo. Em três das últimas quatro edições eles ficaram na fase de grupos e em 2010 só se classificaram para as oitavas de final.

Há interesse em que Llori volte à presidência, diz Saquicela

Ainda assim, as ilusões estão ativas na mira do Catar. Os coreanos mostraram um bom nível nas eliminatórias asiáticas: eles só perderam um jogo e terminou em segundo lugar em seu grupo.

Estão localizados no posição 28 no ranking da FIFA e nos últimos dez jogos foram seis vitórias, um empate e três derrotas.

Na Copa do Mundo, eles serão liderados por sua grande figura: Heung Min Filho. O extremo de 30 anos está no auge de sua carreira e formou uma dupla imparável com Harry Kane no Tottenham.

A Coreia do Sul está localizada em um difícil Grupo H com Portugal, Uruguai e Gana. A classificação para as oitavas de final será uma façanha, mas os “Tigres Asiáticos” querem surpreender novamente em uma Copa do Mundo.

Paulo Bento

Treinador

O português de 53 anos está à frente da seleção coreana desde 2018. Começou a sua carreira de treinador em 2004, nas camadas jovens do Sporting de Lisboa. Ele foi promovido à primeira equipe no ano seguinte e ganhou duas copas nacionais e duas supertaças. Ele também treinou o Olympiacos e foi campeão da liga grega. Com a Coreia do Sul, ele ganhou o título da Copa do Leste Asiático. Ele teve 32 vitórias, 11 empates e sete derrotas em 50 jogos com a seleção nacional.

Heung Min Filho

A figura

O extremo é considerado um dos melhores jogadores da história da sua equipa e até do continente. Ele começou sua carreira na equipe juvenil do alemão Hamburgo e foi promovido ao time principal em 2010. Ele então assinou pelo Bayer Leverkusen e em 2015 ingressou no Tottenham, seu time atual. Com os “Spurs” estabeleceu-se como um dos melhores da Premier League e marcou 131 golos em 328 jogos. Em 2019 chegou à final da Liga dos Campeões e em 2020 ganhou o prêmio Puskas de melhor gol do ano.

Woo Yeong Jeong

O jogador para assistir

O atacante de 22 anos foi treinado como jogador juvenil no Bayern de Munique e atualmente joga pelo Freiburg na Bundesliga. Com essa equipe, foi vice-campeão da Copa da Alemanha em 2022. Passou por todas as categorias de base de sua equipe e foi convocado para a seleção principal em 2021. Participou das eliminatórias do Catar e marcou na vitória sobre Iraque em novembro de 2021. Ele também marcou em um amistoso contra o Paraguai em junho de 2022.

Jogo da Coreia do Sul na Copa do Mundo no Catar

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.