Espanha procurará na catedral do hóquei continuar a reinar no mundo

11/06/2022 às 17:24

HEC


As equipes masculina e feminina iniciam a defesa de suas coroas em um campeonato que acontece na Argentina, outra das favoritas

A equipa de Guillem Cabestany estreia-se na manhã desta terça-feira, às 02h00, frente ao anfitrião

A seleção espanhola de hóquei em patins fará sua estreia nesta segunda-feira em a 45ª edição do campeonato mundial que acontece em San Juancomo parte dos Jogos Mundiais de Patinação, nos quais vai buscar seu décimo oitavo título e continuam a reinar precisamente na catedral deste desporto, a pista “Aldo Cantoni”.

A Espanha, com 17 títulos, mais um que o seu grande rival Portugal, chega com uma equipa muito semelhante à que conquistou o último campeonato europeu, embora o treinador Guillem Cabestany, um bom conhecedor do hóquei português depois de treinar o Porto durante muitos anosoptou por espanhóis que jogam no campeonato português, e com as novidades de Sergi Aragonès e Marc Julià (Reus) e a capitã do Liceo Dava Torres.

Os favoritos continuam os mesmos de sempre, Espanha, Portugal e – claro – Argentinaque joga em casa e fará sua estreia contra os espanhóis na madrugada de terça-feira (02:00 hora península), time que mantém a velha guarda com os ex-jogadores do Barça Pablo Álvarez e Lucas Ordóñez, o atual jogador do Barça Matías Pascual e o veterano do Benfica Carlos Nicolia.

O campeonato tem uma primeira fase com dois grupos de quatro equipes, e depois todas jogarão as quartas de final, por isso o interesse da primeira fase da Copa do Mundo é conquistar as melhores posições para os cruzamentos na próxima rodada.

A Espanha, do Grupo B, enfrentará a Argentina pela primeira vez às 2h desta terça-feira.jogar no mesmo dia às 21h30 contra Moçambique, e encerrar a primeira fase na quarta-feira às 21h30 contra Angola, ainda na hora peninsular, enquanto o grupo A é composto por Portugal, Chile, Itália e França.

jogado

A seleção espanhola feminina de hóquei em patins buscará na décima sexta edição do Campeonato Mundial que acontece em San Juan (Argentina) revalidar o título conquistado em 2019 em Barcelona pela sétima vez, mas desta vez no país de seus grandes rivais.

Com o hóquei espanhol dominando as competições internacionais europeias, parece óbvio que eles também são os grandes favoritos para vencer o evento mundial.embora a maioria dos jogadores latino-americanos também jogue na Espanha ou em Portugal, a Argentina e o Chile, especialmente, têm uma grande oportunidade pela frente.

o seletor Ricard Muñoz, que enfrenta sua primeira Copa do Mundo depois de vencer os europeus com quase a mesma equipe que estará no evento em San Juan, mantém a base de jogadores do catalão Palau, com cinco convocados, e do Asturiano Telecable, com três, além da veterana Anna Casaramona (Manlleu), líder do time, e a jovem goleira Anna Salvat (Vila-sana).

A Espanha fará sua estreia nesta segunda-feira contra o Chile, às 18h.para continuar terça-feira 8 com Portugal e quarta-feira 9 contra a França, também à mesma hora peninsular.

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *