Mauricio Moreira venceu o GP do Jornal de Noticias em Portugal do início ao fim

O ciclista de Salta Mauricio Moreira continua a acumular títulos em Portugal. Nesta ocasião, o elemento da equipa Glassdrive/Q8/Anicolor manteve a liderança da prova vencida na primeira etapa até ao final e celebrada na última, em Vila Nova de Gaia. Tomás Conte (Aviludo / Louletano / Loulé Concelho) venceu a última etapa.
O ciclista uruguaio, da Glassdrive/Q8/Anicolor, entrou pela primeira vez na história da prova, substituindo Joaquim Silva, vencedor da edição de 2021.
Maurício havia se estabelecido há algumas semanas como o melhor da Volta a Portugal. Ele manteve a liderança depois de vencer a etapa de contrarrelógio, deixando o companheiro de equipe Antonio Carvalho e Joaquín Silva da Efapel 28 segundos atrás, que fechou o pódio 56 segundos atrás do vencedor.
Nesta última etapa, entre Maia e Vila Nova de Gaia, de 133,7 quilómetros, o vencedor foi Tomás Conte (Aviludo / Louletano / Loulé) que se confirmou como o rei dos sprints da prova, e conquistou a sua terceira vitória em alta velocidade , batendo Rafael Silva (Efapel) Luís Mendonça (Glassdirve/Q8/Anicolor) na linha de chegada.
ABERTURA
A abertura nacional terminou em Durazno, onde o Club Ciclista Amanecer, liderado por Pablo Anchieri, venceu.
1-Pablo Anchieri / Sunrise Cycling Club.
2-Leonel Rodríguez / Clube de Ciclismo Cerro Largo.
3-Fernando Méndez / San Antonio da Flórida.
4-Nicolás Méndez / Bairro Artigas 33.
5-Federico Vivas/Argentina.
1-Lucas Piano Vencedor Categoria Sub23

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *