Semana exigente para Burgos BH com a sua participação na Vuelta a Burgos e na Volta a Portugal

A equipa de Burgos enfrenta duas provas de enorme importância que exigem o máximo

BURGOS conecta

Burgos BH inicia nesta terça-feira, 2 de agosto, a Vuelta a Burgos com a ilusão de correr em casa, buscando ser notado nas estradas da província e tentando somar sucessos diante dos torcedores. Os tradicionais cinco dias mantêm a etapa Picón Blanco que terminará em Villarcayo e o último dia em Neila. Além disso, a primeira etapa subirá duas vezes a El Castillo, enquanto Clunia e a etapa Camino del Cid completam um percurso variado e completo.

A equipa com a qual os Violets disputam a Vuelta a Burgos é composta por Jesús Ezquerra, Jetse Bol, Óscar Cabedo, Ander Okamika, José Manuel Díaz Gallego, Manuel Peñalver e Ángel Fuentes de Burgos.

Sobre sua participação na rodada de Burgos, o diretor esportivo Rubén Pérez comenta: “Queremos ser competitivos e emocionantes em casa, vamos colocar toda a carne na grelha com uma equipe muito competitiva semelhante à que participará de La Vuelta. Vamos trabalhar muito na frente do nosso público, para deixar os fãs felizes e esperamos poder levantar os braços diante deles. Sabemos que vendemos felicidade e vamos tentar fazer com que os fãs sintam isso. As competições desta semana nos deram um ritmo que nos ajudará. Temos um bloco equilibrado, competitivo, que nos permite sonhar e é por isso que sonhamos com a vitória diante do nosso público, nosso povo.

Tour de Portugal

Na Volta a Portugal, as onze etapas vão percorrer o país de sul a norte com uma incursão em Espanha para que Badajoz receba o arranque da terceira etapa. Partir de Lisboa com um prólogo e a classificação geral será decidida nos passes Torre, Miranda do Corvo e Senhora de Graça antes do contra-relógio final no Porto. Muitas oportunidades para brilhar, tanto em busca de vitórias parciais quanto com a possibilidade de disputar o geral da prova.

Mario Aparicio, Óscar Pelegrí, Adriá Moreno, Alex Molenaar, Victor Langellotti, Pelayo Sánchez e Juan Antonio López-Cózar estão alinhados para participar da corrida. Todos liderados por Alexis Gandía, cujo objetivo é “aproveitar e obter um bom resultado. É uma Volta a Portugal que vai ser dura, com três finais em altitude e muitas montanhas médias. Acho que temos uma equipe de escaladores, mas também um lutador para os dias em que a corrida pode ser interrompida e os separatistas têm sua chance. Não vamos perder a cara na classificação geral, porque acho que podemos estar nessa luta também.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.