Jovens membros da expedição Volta ao Mundo chegam a Madrid

Madrid, 21 de julho (EFE).- Os 39 membros da expedição ibero-americana do programa Volta ao Mundo chegaram esta quinta-feira a Madrid para iniciar esta rota, que os levará por grande parte de Espanha e Portugal em homenagem a Juan Sebastián Elcano e Fernão de Magalhães por ocasião do 500º aniversário da primeira circunavegação do globo.

Os jovens, de 17 e 18 anos, reuniram-se hoje nas instalações da Universidade Autónoma de Madrid, que patrocina o projeto, financiado pela Agência Espanhola de Cooperação Internacional.

O passeio, que começa nesta sexta-feira, terá duração de 23 dias, com atividades ambientais, culturais, sociais e esportivas.

A primeira circunavegação do globo da história (1519-1522) foi uma viagem iniciada pelo português Magalhães, em busca de uma nova rota para a loja de especiarias, e culminou pelo marinheiro espanhol Juan Sebastian Elcano, ambos ao serviço de Carlos I da Espanha. .

“Vai ser maravilhoso”, disse o espanhol Juanfran, que, rindo, se declarou “embaixador” de sua cidade, Canena (na província de Jaén, no sul) e convidou seus companheiros para conhecê-lo assim que o curso estiver concluído. .

Para este jovem, um dos pontos fortes da aventura é conhecer pessoas de outros países.

“Essas pessoas parecem muito boas em serem boas pessoas, esta viagem não será esquecida na minha vida”, disse ele.

Enquanto isso, o salvadorenho Azul, que mora na Argentina, soube da ligação por meio de um amigo e imediatamente se interessou pela viagem.

“Quando eles confirmaram o lugar para mim, foi muito emocionante. Às vezes eu achava que iam me dar e depois não davam, e quando chegou foi muita emoção”, disse sobre o processo de seleção . , com base na formação acadêmica dos candidatos e em um trabalho que lida com questões ambientais ou sociais.

A Azul espera que esta viagem lhe proporcione “conhecer muita cultura e gente” e “fazer amigos”.

UM GRUPO “COM MUITA EMPATIA”

Segundo o diretor do projeto, Jesús Luna, o grupo tem “muita empatia” com os problemas sociais e ambientais, eixos principais do programa.

Na recepção dos participantes, Luna encontrou os jovens “muito animados” pelo início da experiência, “cheios de expectativas e ansiosos para participar e se comunicar”.

“Temos uma impressão muito boa do grupo, com interesses acima de tudo pelo meio ambiente; Vai ser uma grande aventura, parece que eles têm muita empatia, estão prontos para ajudar, estou muito animada em poder compartilhar essa jornada com eles, que vai ser transformadora e bem sucedida, e eles vão ser a parte fundamental”, comentou.

O programa conta com o apoio do Senado espanhol, da Secretaria Geral Ibero-americana, da União de Capitais Ibero-Americanas e da colaboração das empresas Iberdrola, Renfe, LG e Pilot.

Os dois primeiros dias decorrerão em Madrid, onde serão recebidos no Senado, na sede da Agência Espanhola de Cooperação Internacional e na Câmara Municipal da capital, e poderão visitar vários museus e jardins botânicos . No domingo, eles viajam para a cidade espanhola de Valladolid (noroeste).

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.