Atendimento integral às famílias atingidas pela chuva em Camaguán

Mais de 1.200 famílias foram atendidas integralmente por profissionais de saúde e desenvolvimento social no município de Esteros de Camaguán, no estado de Guárico, devido à inundação do rio Portuguesa após as últimas chuvas registradas na entidade.

Isso foi informado pelo prefeito da jurisdição, Emilio Ávila, que acrescentou que as estruturas de base do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) e vários representantes da equipe do governo regional desempenharam um papel fundamental na abordagem que visa garantir atenção imediata às famílias. afetado.

Da mesma forma, explicou que o sindicato cívico, militar e policial desempenha um papel fundamental na prossecução dos objetivos traçados pela Prefeitura de Camaguán, como instituição emblemática para canalizar todo o apoio demonstrado ao longo do tempo, conforme a situação exigisse.

Setores afetados pelas chuvas em Camaguán

Emilio Ávila explicou que fortes chuvas de mais de 4 horas afetaram várias comunidades do município de Llanero. “Hoje o relatório que podemos oferecer é que atingimos os setores de La Pica, Chorrerones, Negretro, La Cherna, Sombrerito Río Abajo, Middle Sombrerito, El Mahomo e El Samán de Portuguesa”, destacou.

O prefeito Emilio Ávila acrescentou que “depois de visualizar o leito do Rio Portuguesa ao longe, conseguimos controlar as inundações na parte mais próxima entre o rio e a zona periurbana graças ao trabalho conjunto que hoje nos permite. informa que, mesmo em Puerto Miranda, graças à reativação do sistema de bombeamento de águas pluviais, não temos nenhuma situação importante a lamentar.

Nesse sentido, Ávila destacou que o presidente Nicolás Maduro e o governador José Vásquez ordenaram que a equipe de gestão e o gabinete regional se unam às ações que o chefe do judiciário municipal está realizando nas comunidades inundadas.

Ajuda alimentar às famílias afectadas

Por outro lado, o primeiro presidente municipal destacou que mais de mil famílias alagadas foram atendidas com alimentos em ações conjuntas com o secretário de Alimentação, Osler Moreno; Gustavo Pérez, diretor territorial do Ministério da Alimentação e Alfredo Manrique, diretor regional do PDVAL.

Diante disso, Osler Moreno, chefe da pasta de alimentos do estado, informou sobre a entrega de 15 toneladas de alimentos às famílias atingidas. Disse ainda que “a revolução chegou às catacumbas afetadas da cidade, onde há meninos, meninas, mães e pais, bem como os nossos avôs e avós a serem cuidados em todas as dificuldades que se apresentam. Aqui encaramos o nosso povo e mostramos que só podemos passar por isso juntos”, disse.

Planeje a tempo com ótimos resultados

A mais alta autoridade municipal argumentou que as obras realizadas antes do período chuvoso nas diversas drenagens da área, não permitiram maiores danos à cidade de várzea.

“Estamos nos preparando desde a temporada de verão com a limpeza de mais de 5.000 metros de canais de drenagem, o acionamento de todas as turbinas que nos ajudam a direcionar toda a água da chuva para os rios, e isso sem dúvida ajudou a lidar com essa situação” , explicou Ávila.

Ao mesmo tempo, explicou que “o sistema de drenagem pluvial, pela primeira vez em 4 anos e meio, funcionou corretamente”.

respostas imediatas

Outras comunidades mais próximas ao centro da população, como os setores de Doña Bárbara e Buenaventura, mantêm o sistema de prevenção e controle implantado pelo prefeito Emilio Ávila.

Ao mesmo tempo, as comunidades Humildad y Paciencia, José Gregorio Hernández, Villa Hermosa, Toquito e Germán Fleitas Beroes também têm famílias em situação de inundação, para as quais a primeira autarquia local se instalou nessas áreas com parte de sua equipe de trabalho para responder às agravamento da situação.

“Há 48 horas estamos ali, sem nos mexermos, mostrando às pessoas que não estamos improvisando e que, pelo contrário, estamos atentos a qualquer eventualidade”, disse o prefeito.

Depoimentos de pessoas afetadas

Calos Zambrano, morador do setor de La Cherna, agradeceu aos governos nacional, regional e municipal os benefícios recebidos no setor devido à situação de inundação que vivem.

Nesse sentido, Natasha Gutiérrez, afetada pelas chuvas no município de Esteros de Camaguán, destacou: “A verdade é que o prefeito me surpreendeu muito porque está conosco aqui há dois dias, sem se mexer. E a comida chegou, eles nos garantem gás e vacinação.

Para concluir, Endhi Pérez, moradora do setor Germán Fleitas Beroes, disse que se sentiu protegida pelo governo bolivariano após a situação de inundação no município de Llanero.

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.