Liga das Nações: Espanha venceu Portugal com golo agonizante, garantiu o seu lugar na Final Four e Cristiano Ronaldo desperdiçou a oportunidade de ser o herói do último jogo

Aparentemente não é o ano Cristiano Ronaldo. Para a decepção com a fraca campanha do Manchester United na Premier League e sua tentativa fracassada de deixar o time para buscar outro clube onde pudesse jogar na atual Liga dos Campeões, um golpe no nível da seleção nacional foi adicionado na terça-feira. : Portugal, como local, ele precisava de pelo menos um empate para avançar para a Final Four da Liga das Nações da UEFA, mas A Espanha o venceu terrivelmente por 1 a 0, com objetivo de Álvaro Morata perdendo dois minutos e o eliminou do torneio.

No jogo correspondente ao sexto e último encontro do grupo 2 da zona A da fase inicial, disputado no estádio municipal de Braga, o craque português não acreditou quando o ponta-de-lança do Atlético de Madrid, o outro número 7, jogado em campo, ele converteu contra um gol de assistência de Nico Williams na frente de uma defesa portuguesa desnorteada que o viu entrar na pequena área sem marcação.

A agonizante vitória da Espanha sobre Portugal

Para pior, perto da hora, Ronaldo teve a chance de ser o herói quando enfrentou Unai Simón, mas sua mão direita foi coberta pelo goleiro com uma perna. E CR7 não acreditou, abrindo os braços e chorando para o céu.

Com a vitória, a Espanha subiu para 11 pontos e arrebatou o primeiro lugar do grupo a Portugal, que terminou em segundo com 10. Assim, os espanhóis juntaram-se à Croácia, Itália e Holanda para a fase decisiva, os três seleccionados que já tinham o seu bilhete para as meias-finais do campeonato. Esta primeira fase da Liga das Nações foi avançada pela Copa do Mundo no Catar, que começará em novembro próximo. Para isso, a chamada “Final Four” só acontecerá em meados do próximo ano, com bastões e locais a serem confirmados. As quatro descidas para a Zona B já estavam definidas: Áustria, República Checa, Inglaterra e País de Gales.

A celebração da seleção espanhola após vencer Portugal e retirar a classificação da Final Four da Liga das NaçõesSeleção Espanhola de Futebol

O dia de terça-feira incluiu mais quatro reuniões, para as categorias inferiores. Na Polônia, jogando em sua casa em Cracóvia, Ucrânia tinha contra as cordas Escócia, mas ele perdeu alguns gols incríveis e quem subiu em A foram os escoceses após o empate sem gols. Os ucranianos tinham apenas que vencer e, apesar de seu domínio, esbarraram em definições falhadas e nas mãos de Craig Gordon, a figura do jogo.

Resumo Ucrânia – Escócia

O outro selecionado que confirmou sua promoção foi Sérvio, que como visitantes venceram a Noruega por 2 a 0 em um duelo em que o vencedor teve o prêmio de disputar a próxima Liga das Nações no grupo principal. O visitante marcou em momentos-chave: no final do primeiro tempo e nos primeiros minutos da segunda mão. Assim, seu rival não reagiu.

Erling Haland Ele teve a oportunidade de abrir o placar antes do primeiro minuto de jogo, mas o goleiro sérvio abafou o grito de gol. No final, como reposição, Vanja Milinkovic-Savic também o frustrou em outra ação semelhante.

Sérvia vence a Noruega

Pelo mesmo grupo, a 4, com dois belos golos, Suécia e Eslovénia empataram 1-1, o que fez com que os suecos fossem rebaixados para a Zona C, com a Rússia (excluída pela UEFA, devido à guerra que mantém na sua invasão da Ucrânia ), Arménia e Roménia. Albânia e Islândia empataram no último jogo do Grupo 2.

Suécia e Eslovénia empataram com dois golos

Enquanto isso, no Grupo 2 da Zona C, a Grécia venceu a Irlanda do Norte por 3 a 1 e Kosovo venceu o Chipre por 5 a 1. Os gregos já haviam obtido a passagem para B no dia anterior.

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *