A seleção nacional joga na região, com Chino e Raúl Gómez

Castilla-La Mancha sediará os próximos jogos da seleção nacional de futsal. A Espanha disputará um amistoso no dia 7 de outubro no Centro Desportivo de Tomelloso contra a Finlândia e depois, no dia 11, disputará uma partida de qualificação para a Copa do Mundo de 2024 no Vicente Paniagua em Alcázar de San Juan contra a Moldávia.

Os 14 convocados se reunirão na próxima segunda-feira, 3 de outubro, após o terceiro dia do campeonato, e começarão a trabalhar na Ciudad del Fútbol de Las Rozas antes de se mudar para Alcázar de San Juan.

Entre eles estão três castellanomanchegos. Os regulares Chino e Raúl Gómez (de Albacete) juntam-se a Jesús García del Pino Gordillo, um jogador de futsal de Palma que cresceu como jogador de futebol em Moprisala. O homem de Toledo já havia sido regular nas categorias inferiores. Além disso, terá representação das equipes Castilla-Manchego, com o capitão Raúl Campos (Manzanares FS Quesos El Hidalgo) e Boyis (Viña Albali Valdepeñas FS).

Antecipando a Copa do Mundo de 2024, na rodada principal, a Espanha está no Grupo 1 junto com Moldávia e Chipre. A segunda partida do grupo será disputada em 8 de novembro no Chipre, que os comandados de Fede Vidal receberão em 1º de março, para fechar o grupo na Moldávia quatro dias depois.

Esta ronda principal é composta por 12 grupos e os 12 vencedores dos grupos e os quatro melhores segundos classificados qualificam-se para a ronda de elite, restando mais quatro lugares para os restantes oito segundos num playoff. Na rodada Elite, serão formados cinco grupos de quatro equipes cada, cujos vencedores receberão a passagem para a Copa do Mundo. Os quatro melhores segundos disputarão duas vagas adicionais (ou apenas os dois melhores brigarão por um ingresso se o local da Copa for europeu).

A Espanha jogou há uma semana a Finalíssima, torneio entre os dois finalistas da Copa América e da Eurocopa e que foi disputado na Argentina. Neste torneio estiveram presentes Chino e Raúl Gómez de Albacete. A Espanha caiu para a Argentina (0-3) e Portugal para o Paraguai (2-1) nas semifinais. Na grande final, Espanha e Portugal empataram (1-1) e os pênaltis decidiram o título para os portugueses (2-4).

Marciano Brandão

"Defensor apaixonado da internet. Amante de música premiado. Totó de café. Estudioso de mídia social ao longo da vida."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *