Clara San Damián, maravilhada com a beleza da exposição “Salus”

o delegada territorial do Conselho, Clara San Damián, visitou ontem exposição de arte sacra “Salus”, que estão expostos no Santuário da Virgem da Saúde de Alcañices.

o Encontro de Castela e Leão é um dos principais patrocinadores do Exposição de Arte Sacra “Salus: A Igreja de Aliste e Alba” junto ao Conselho Provincial de ZamoraA Câmara Municipal de Alcañices e as Fundações “Caja Rural” de Zamora, “La Caixa”, “Terzo Pilastra Internazionale” de Roma (Itália), “Ignacio Larramendi”, “Mafre” e a família “Rodriguez Muñoz”.

Reúne documentos, arquivos, livros, fotografias e imagens cinematográficas, além de objetos de pedra, esculturas, pinturas, peças de ourivesaria, ornamentos pessoais, móveis e peças têxteis.

O delegado territorial, acompanhado pelo Prefeito de Alcañices Jesús María Lorenzo Mas, Ficou impressionada com o patrimônio material e imaterial de Alistano e Albarino. “Magnífico e merece ser visitado e conhecido. Qualquer um com o menor interesse por cultura e arte sabe que nossa arte sacra é uma referência cultural e religiosa de primeira grandeza. Nós zamoranos percebemos esta ideia de uma forma muito particular. Desde os nossos antepassados ​​pré-históricos às importantes personalidades dos últimos anos, houve na nossa província um sedimento de edifícios, objetos, obras literárias, pictóricas e escultóricas que fazem parte do nosso modo de vida e da nossa relação com o resto”.

Esclareceu ainda que “o nosso património histórico e cultural está ligado ao território, formando uma realidade única. É algo que pertence exclusivamente a nós, que não pode ser movido. Além disso, a imensa riqueza artística que desfrutamos todos os dias coloca nossa província no mapa do turismo cultural para muitos visitantes”.

Jesús Lorenzo Más agradeceu ao Conselho o apoio a Alcañices e sublinhou uma vez mais a necessidade de obter a declaração oficial do Peregrinação da Virgen de la Salud como Festival de Interesse Turístico Regional em Castilla y Leónque em 2 de julho do próximo ano, caindo em um domingo, sediará o Concentração Mariana das “Sete Irmãs” de Espanha e Portugal.

Compromisso com a declaração da peregrinação Virgen de la Salud como Festival de Interesse Turístico Regional

Houve unanimidade entre o delegado territorial, a Câmara Municipal e os funcionários da Salus para travar o património como atracção turística: “A imensa riqueza artística que usufruímos todos os dias coloca a nossa província no mapa do turismo cultural para muitos visitantes.

No caso específico de La Raya em Espanha e Portugal, os atos religiosos, sociais e comerciais ligados às ermidas das “Sete Irmãs”, têm sido historicamente um ponto de união e encontro entre as vilas e aldeias da região de Alist. e a região de Trás os Montes e Alto Douro, bem como cidades fora da fronteira portuguesa.

Programa

A Exposição de Arte Sacra “Salus” está aberta em Alcañices em agosto de terça a sexta das 10h00 às 14h00 e das 16h00 às 20h00 e aos sábados e domingos das 10h00 às 20h00. Está fechado às segundas-feiras. O Posto Regional de Turismo também está aberto nas instalações do Centro Cultural “Convento de San Francisco” em Alcañices com a ajuda do Posto de Turismo do Conselho Provincial de Zamora.

Cristiano Cunha

"Fã de comida premiada. Organizador freelance. Ninja de bacon. Desbravador de viagens. Entusiasta de música. Fanático por mídia social."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.