Debate: Qual time tem o melhor elenco para o Catar 2022?

As principais seleções nacionais deram suas listas de convocados para o Copa do Mundo Catar 2022 em uma tentativa de levantar o título em 18 de dezembro no Lusail Iconic Stadium.

Os principais candidatos ao título têm equipes de ponta com estrelas mundiais em cada uma de suas linhas. É por isso que lhe pedimos: Qual time tem o melhor elenco para a Copa do Mundo de 2022 no Catar?

A primeira coisa que vamos mencionar é deixar as listas de cada uma das seleções: Brasil, Argentina, Portugal, França, Inglaterra e Alemanha.

Qual time tem o melhor elenco para o Catar 2022?

-Brasil: Alisson Becker (Liverpool), Ederson Moraes (Manchester City), Weverton (Palmeiras), Éder Militao (Real Madrid), Marquinhos (PSG), Thiago Silva (Chelsea), Danilo Da Silva (Juventus), Álex Sandro (Juventus), Álex Telles (Sevilla), Dani Alves (Pumas), Bremer (Juventus), Bruno Guimarães (Newcastle), Casemiro (Manchester United), Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United), Paquetá (West Ham United), Everton Ribeiro (Flamengo) ), Anthony (Manchester United), Rodrygo (Real Madrid), Neymar (PSG), Raphinha (Barcelona), Richarlison (Tottenham), Vinicius Júnior (Real Madrid), Gabriel Jesús (Arsenal), Gabriel Martinelli (Arsenal), Pedro ( Flamengo).

-Argentina: Emiliano Martínez (Aston Villa), Gerónimo Rulli (Villarreal), Franco Armani (River Plate), Nahuel Molina (Atlético de Madrid), Gonzalo Montiel (Sevilla), Cristian Romero (Tottenham), Germán Pezzella (Betis), Nicolás Otamendi (Benfica) ), Lisandro Martínez (Manchester United), Marcos Acuña (Sevilla), Nicolás Tagliafico (Olympique de Lyon), Juan Foyth (Villarreal), Rodrigo De Paul (Atlético de Madrid), Leandro Paredes (Juventus), Alexis Mac Allister (Brighton) , Guido Rodríguez (Betis), Alejandro Gómez (Sevilla), Enzo Fernández (Benfica), Exequiel Palacios (Bayer Leverkusen), Ángel Di María (Juventus), Lautaro Martínez (Inter), Julián Álvarez (Manchester City), Paulo Dybala (Roma) ), Nicolás González (Fiorentina), Joaquín Correa (Inter) e Lionel Messi (Paris Saint-Germain).

-Portugal: Diogo Costa (FC Porto), José Sá (Wolverhampton Wanderers FC) e Rui Patrício (AS Roma), Diogo Dalot (Manchester United), João Cancelo (Manchester City), Danilo Pereira (PSG), Pepe (FC Porto), Rúben Dias (Manchester City), António Silva (SL Benfica), Nuno Mendes (PSG) e Raphael Guerreiro (Borussia Dortmund), João Palhinha (Fulham FC), Rúben Neves (Wolverhampton Wanderers FC), Bernardo Silva (Manchester City), Bruno Fernandes ( Manchester United), João Mário (SL Benfica), Matheus Nunes (Wolverhampton Wanderers FC), Otávio Monteiro (FC Porto), Vitinha (PSG) e William Carvalho (Real Betis), André Silva (RB Leipzig), Cristiano Ronaldo (Manchester United) ), Gonçalo Ramos (SL Benfica), João Félix (Atlético Madrid), Rafael Leão (AC Milan) e Ricardo Horta (SC Braga).

-Inglaterra: Jordan Pickford (Everton), Aaron Ramsdale (Arsenal), Nick Pope (Newcastle), Trent Alexander-Arnold (Liverpool), Conor Coady (Everton), Eric Dier (Tottenham), Harry Maguire (Manchester United), Luke Shaw (Manchester United) ), John Stones (Manchester City), Ben White (Arsenal), Kieran Trippier (Newcastle), Kyle Walker (Manchester City), Jude Bellingham (Borussia Dortmund), Mason Mount (Chelsea), Jordan Henderson (Liverpool, Declan Rice (West) Ham), Connor Gallagher (Chelsea), Kalvin Phillips (Manchester City), Marcus Rashford (Manchester United), Phil Foden (Manchester City), Jack Grealish (Manchester City), Harry Kane (Tottenham), Bukayo Saka (Arsenal), Raheem Sterling (Chelsea), Callum Wilson (Newcastle) e James Maddison (Leicester).

-França: Alphone Areola (West Ham), Hugo Lloris (Tottenham), Steve Mandanda (Rennes), Lucas Hernandez (Bayern Munique), Théo Hernandez (Milão), Presnel Kimpembe (PSG), Ibrahima Konaté (Liverpool), Jules Koundé (Barcelona), Benjamin Pavard (Bayern de Munique), William Saliba (Arsenal), Dayot Upamecano (Bayern Munich), Raphaël Varane (Manchester United), Eduardo Camavinga (Real Madrid), Youssouf Fofana (Monaco), Mattéo Guendouzi (Marselha), Adrien Rabiot (Juventus) Turim), Aurélien Tchouaméni (Real Madrid), Jordan Veretout (Marselha), Karim Benzema (Real Madrid), Kingsley Coman (Bayern de Munique), Ousmane Dembélé (Barcelona), Olivier Giroud (Milão), Antoine Griezmann (Atlético de Madrid), Kylian Mbappé (PSG) e Christopher Nkunku (Leipzig).

-Alemanha: Manuel Neuer (Bayern Munique), Marc-André ter Stegen (Barcelona), Kevin Trapp (Eintracht Frankfurt), Thilo Kehrer (West Ham), David Raum (Leipzig), Antonio Rüdiger (Real Madrid), Niklas Süle (Borussia Dortmund), Matthias Ginter (Freiburg), Nico Schlotterbeck (Borussia Dortmund), Lukas Klostermann (Leipzig), Christian Günter (Freiburg), Armel Bella-Kotchap (Southampton), Joshua Kimmich (Bayern Munich), Leon Goretzka (Bayern Munich), İlkay Gündogan ( Manchester City), Jamal Musiala (Bayern de Munique), Serge Gnabry (Bayern de Munique), Leroy Sané (Bayern de Munique), Thomas Müller (Bayern de Munique), Jonas Hofmann (Borussia Mönchengladbach), Mario Götze (Eintracht Frankfurt) e Julian Brandt (Borussia) Dortmund), Kai Havertz (Chelsea), Karim Adeyemi (Borussia Dortmund), Niclas Füllkrug (Werder Bremen) e Youssoufa Moukoko (Borussia Dortmund).

Opinião: Portugal é a melhor equipa

Se contarmos apenas os nomes próprios e não o estilo de jogo, onde várias dessas equipes deixam muitas dúvidas, Portugal Ele é o que tem a melhor lista de 26 convocados.

Fernando Santos tem estrelas mundiais em todas as linhas e tem um plantel compensado em várias zonas do relvado. A única dúvida é o golo apesar de Diogo Costa estar a um nível muito elevado no FC Porto.

Portugal tem Rúben Días, João Cancelo, Pepe e Nuno Mendes na defesa do onze inicial, mas também tem substitutos mais do que interessantes como Antonio Silva, Raphael Guerreiro e Diogo Dalot.

Na área do meio-campo, os lusitanos têm perfis de alto nível para atuar no meio-campo (Palhinha, Rúben Neves e William Carvalho) além de muito talento para atuar na área interna: Bernardo Silva, Bruno Fernandes, Matheus Nunes, Otavio e Vitinha.

No ataque, é um dos melhores do mundo. Se Cristiano Ronaldo está num nível muito baixo e tem muitas derrotas (Diogo Jota, Pedro Neto e Gonzalo Guedes), Fernando Santos tem muito talento no ataque: João Félix, Rafael Leão, Gonçalo Ramos e Ricardo Orta.

Se passarmos para o resto das equipes, percebemos que há dúvidas muito marcadas em cada uma de suas listas. Aqui deixamos o mais importante.

-Brasil: Eles não têm laterais de alto nível em nenhum dos grupos.

-Argentina: Vários jogadores chegam em má forma como Rodrigo de Paul, Nahuel Molina, Leandro Paredes, Ángel Di María, Marcos Acuña, Alejandro Gómez…

-Alemanha: Eles não têm zagueiros de alto nível com continuidade e não têm um centroavante devido à perda de Timo Werner.

-França: As derrotas de Kanté e Pogba fizeram com que Deschamps não tenha uma rotação de qualidade no duplo pivô. Pergunta-se quem será o companheiro de Tchouaméni.

-Inglaterra: Muitas dúvidas na defesa devido à ausência de Fikayo Tomori e as derrotas de Reece James e Ben Chilwell.

Marciano Brandão

"Defensor apaixonado da internet. Amante de música premiado. Totó de café. Estudioso de mídia social ao longo da vida."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *